BRDE

  • Conveniadas

Conveniadas

Tão importante quanto o volume de investimentos apoiado é que ele atinja todos os portes de empreendedores, sobretudo aqueles com menos acesso ao crédito. Nesse sentido é importante ressaltar que 70% das operações do BRDE foram realizadas com pequenos produtores rurais e micro e pequenas empresas. 

As Gerências de Operações Conveniadas, criadas em 2012, são o resultado da organização do atendimento aos projetos destinados a estes agricultores familiares, médios produtores, micro e pequenas empresas, de forma rápida e descentralizada, utilizando especialmente as Cooperativas de Crédito como parceiras, mas também Fabricantes de Equipamentos, Cooperativas de Produção, Sociedades Garantidoras de Crédito e Agroindústrias.

Novas modalidades de convênio operacional estão sendo buscadas, como por exemplo, o acordo recentemente firmado com o SEBRAE-SC para apoio financeiro aos projetos que tenham participado ou participem de programas do SEBRAE. 

Nos modelos tradicionais, as conveniadas encaminham as propostas dos seus associados ou clientes, via Internet Banking, que por sua vez são processadas e homologadas, com possibilidade de geração do contrato pelo sistema corporativo do BRDE, na maior parte das linhas operadas.

Em 2019, as operações realizadas via convênios operacionais alcançaram R$ 319,2 milhões, que beneficiaram principalmente produtores rurais.

Se para o BRDE o convênio se revela importante, pois permite ao banco chegar aos pequenos empreendedores, também as conveniadas são beneficiadas: contando com a equipe do BRDE para atendimento de grandes clientes; ganhos indiretos mediante projetos captados pelo BRDE e com movimentação financeira através dos parceiros; formação de contas reserva; acesso a linhas de crédito diferenciadas (Linhas destinadas aos projetos de Inovação, FUNGETUR, FUNDO CLIMA, DESENVOLVE SUL são alguns exemplos), além do contato direto com as equipes do BRDE.