BRDE

  • Contato

SALA DE IMPRENSA

Palacete dos Leões recebe retratos dos primeiros moradores para exposição sobre erva mate

Data22/10/21
|CategoriaNotícias

“Narrativas Poéticas do Mate” será inaugurada na próxima terça-feira (26/10)

Na manhã desta sexta-feira (22/10), a equipe do Espaço Cultural BRDE – Palacete dos Leões recebeu os retratos de Agostinho Ermelino de Leão Junior e Maria Clara Abreu de Leão, os primeiros moradores do edifício histórico e fundadores da empresa Matte Leão.

As obras executadas pelo artista Alfredo Andersen (1860 – 1935) integram a exposição “Narrativas Poéticas do Mate”, a ser inaugurada na próxima terça-feira (26/10), cujos preparativos estão a todo vapor. A mostra faz parte do Circuito Ampliado – Acervos em Circulação e conta com a cooperação do Museu Paranaense.

As duas peças, agora expostas na Sala da Lareira do Palacete dos Leões, foram recepcionadas pela coordenadora do espaço cultural, Rafaela Tasca, e preparadas pela conservadora Jessica Petri.

O diretor administrativo do BRDE, Luiz Carlos Borges da Silveira, e o empresário Antônio Carlos Leão, proprietário do retrato de seu bisavô, também acompanharam a preparação dos quadros. O retrato de Maria Clara Abreu de Leão pertence ao acervo do Museu Paranaense.

Andersen e a Erva Mate

Outras seis obras do mesmo artista, um autorretrato e paisagens, vão compor a exposição em uma mostra de câmara intitulada “Andersen e a Erva Mate”. O artista norueguês radicado no Brasil foi pintor, professor, cenógrafo e jornalista.

Na última década do sec. XIX imigrou para o Paraná, primeiramente fixando residência em Paranaguá por dez anos. Depois de casado, já na primeira década do sec. XX, Andersen se mudou para a capital do estado, onde foi grande colaborador das artes paranaenses.


Logo BRDE