BRDE

  • Contato

SALA DE IMPRENSA

Painel debate desafios aos investimentos em diversidade nas empresas de inovação

Data04/05/22
|CategoriaNotícias

Para além de um valor moral, ampliar as condições de apoio às empresas de inovação que prestigiam a diversidade, em especial nos postos de liderança, significa fazer o melhor para o negócio dar certo. Essa é uma das principais mensagens do painel “Investimento em Diversidade”, que ocorreu na manhã desta quarta-feira (4/05), no primeiro dia do South Summit Brasil. O debate foi coordenado pela diretora de Operações do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), Leany Lemos, reunindo no palco Growth Stage líderes de startups e potenciais investidores.

Uma das convidadas, a oficial de Investimentos do BID, Anita Fiori, destacou que o financiamento de empresas que valorizam a diversidade representa um pilar fundamental para a inovação. “Quanto mais diverso for o projeto, melhor será o serviço e mais diversidade ajuda a identificar eventuais falhas”, destacou. Anita Fiori anunciou, ainda, que o BID está formatando um fundo destinado a apoiar empresas de inovação lideradas por mulheres negras no Brasil que já conta com US$ 3 milhões e deixou um conselho: “o sucesso de  uma startup está em não queimar etapas”.

Reforçando o entendimento de que a diversidade nas empresas é cada vez mais estratégico para o sucesso do negócio, o head do Google for Startups, André Barrence, chama atenção para alguns aspectos que ele considera críticos. “Começa pelo acesso a recursos e especialistas, passa por reputação e conhecimento. Barrence relatou a experiência  do Google em criar um fundo que aportou R$ 13 milhões para apoiar empresas de inovação lideradas por negros, algo que surgiu a partir de um pesquisa entre clientes que apontava a baixa participação deles nos projetos.

Desafios

Pioneira no país em criar uma startup comandada por uma mulher negra, a founder Afroya Tech, Andreza Rocha, salientou que a pauta da diversidade precisa muito mais do que “uma porta de entrada”. “Precisamos nos conectar e ganhar visibilidade. Criei a minha primeira startup pela inconformidade de não encontrar meus pares”, relatou, mencionando o sucesso de um programa de formação de lideranças que ela integrou para profissionais negros. Muito pela experiência pessoal na hora de conquistar um cliente, Andrezza Rocha lembra que empresas criadas por negros “precisam acertar de primeira. Margem de erro zero”, relatou.

Entre os maiores eventos do mundo voltados ao ecossistema de inovação e empreendedorismo, o South Summit prossegue até a próxima sexta-feira (6/05), nos armazéns do Cais Mauá de Porto Alegre (RS). O BRDE está presente com sua equipe de atendimento em dois estandes, localizados no pavilhão Marketplace.

Fotos: Carolina Greiwe


Logo BRDE