BRDE

  • Contato

SALA DE IMPRENSA

Melhores práticas em sustentabilidade são premiadas com apoio do BRDE

Data01/11/16
|CategoriaNotícias

Os doze projetos vencedores do 6º Prêmio A3P – Agenda Ambiental na Administração Pública foram anunciados pelo Ministério do Meio Ambiente em Brasília, na quarta-feira à tarde (26/10), em cerimônia realizada no Auditório do Superior Tribunal de Justiça – STJ. O BRDE foi o patrocinador oficial do evento e do 9º Fórum A3P que se desenvolveu na manhã do mesmo dia.
O Fórum teve como tema central a Eficiência no Uso dos Recursos Naturais. O primeiro painel abordou a eficiência energética e a redução do consumo nas instituições públicas, com destaque para o Programa de Bom Uso Energético – Proben, implementado a partir de 2015 por meio de acordo de cooperação entre MMA, Ministério do Planejamento e Universidade Federal de Pelotas (UFPel). O segundo painel versou sobre a gestão da água (uso e reuso) e, na sequência, foram apresentados relatos de experiência de instituições públicas que adotam ações do Programa A3P com resultados significativos.
6º PRÊMIO A3P
O diretor-presidente do BRDE, Odacir Klein, integrou a mesa de abertura da premiação, ao lado do secretário de Articulação Institucional e Cidadania Ambiental do MMA, Edson Duarte, e da coordenadora do Programa de Responsabilidade Socioambiental do STJ, Ketlin Scartezini. “O BRDE age e interage em questões de responsabilidade socioambiental no dia a dia, mas é preciso que aprimoremos nossas práticas”, disse Klein.
Nesse sentido, o presidente fez menção especial à colaboração do Ministério do Meio Ambiente, por intermédio da diretora do Departamento de Produção e Consumo Sustentáveis do MMA, Raquel Breda, que contribuiu no processo de revisão da Política de Responsabilidade Ambiental do BRDE e na criação do Programa BRDE PCS, lançado em novembro de 2015.
A sexta edição do Prêmio recebeu 90 inscrições de todo o Brasil. “Isso mostra que estamos no caminho certo”, avaliou Raquel Breda. A diretora do MMA enfatizou que a adoção dos princípios da Agenda Ambiental, além proporcionar redução de gastos com energia elétrica, material de consumo, água e implementação das compras públicas sustentáveis, melhora a qualidade de vida e, principalmente, provoca mudança de cultura institucional.
Pelo BRDE, estiverem presentes ao Fórum e à premiação Luciano Feltrin, superintendente de Planejamento e Sustentabilidade; Eduardo Grijó, coordenador de RSA; Jorge Augusto Callado Afonso, assessor da Direção Administrativa; Henrique Renck, chefe do DERHU; Sandro Hauser, GERAD da Agência Paraná; Rafael Abrahão, GERAD da Agência Rio Grande do Sul, e Sylvia Bojunga, ASCOM da AGRS.
Os vencedores
Gestão de Resíduos
1º LUGAR – CAIXA ECONÔMICA – Projeto Lixo eletrônico e responsabilidade socioambiental
2º LUGAR – FURNAS CENTRAIS ELÉTRICAS S. A. (RJ) – Projeto: Aplicação de baterias estacionárias de lítio-íon em sistemas de informação e comunicação de Furnas Centrais Elétricas S.A.
3º LUGAR – PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO BERNARDO DO CAMPO (SP) – Projeto: Coleta seletiva e reciclagem no município de São Bernardo do Campo
Inovação na gestão pública
1º LUGAR – FURNAS CENTRAIS ELÉTRICAS S. A. (RJ) – Projeto: Desenvolvimento e testes de ônibus urbanos com tração elétrica
2º LUGAR – JARDIM BOTÂNICO DO RIO DE JANEIRO (RJ) – Projeto: Rede Rio de Sustentabilidade
3º LUGAR – PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO CLARO (SP) – Projeto: Olimpíadas ambientais – Atitudes que podem mudar o nosso rumo
Uso/manejo sustentável dos recursos naturais
1º LUGAR – CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO DISTRITO FEDERAL (DF) – Projeto: Uso do sistema de espuma por ar comprimido no combate a incêndios classe A e B
2º LUGAR – CASA DA MOEDA DO BRASIL (RJ) – Projeto: Reflorestamento voluntário para neutralização das emissões de Gases Efeito Estufa
3º LUGAR – PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO BERNARDO DO CAMPO (SP) – Projeto: Agenda Municipal de Sustentabilidade: recursos naturais
Destaque A3P
1º LUGAR – TERRACAP – AGÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DO DISTRITO FEDERAL – Projeto: Produção de mudas nativas do bioma cerrado utilizando mão de obra do trabalhador preso
2º LUGAR – DATAPREV – EMPRESA DE TECNOLOGIA E INFORMAÇÕES DA PREVIDÊNCIA SOCIAL (RJ) – Projeto: Programa “Jovem aprendiz” como instrumento de inclusão social
3º LUGAR – PREFEITURA MUNICIPAL DE POMPÉU (MG) – Projeto: Políticas públicas sustentáveis – a inserção da energia fotovoltaica na Administração Pública Municipal
Os troféus em formato de árvores nativas brasileiras (buriti, castanheira, ipê e pau-brasil) levam a assinatura da designer Ana Paula Castro, do ateliê Oficina de Ideias. Foram confeccionados em material de baixo impacto ambiental, aço e madeira de reflorestamento.


Logo BRDE