BRDE

  • Contato

SALA DE IMPRENSA

Governadores pedem mudanças e reforçam união entre estados do Sul

Data31/10/16
|CategoriaNotícias

Os governadores do Paraná, Beto Richa, de Santa Catarina, Raimundo Colombo, e do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori, participaram nesta segunda-feira (31), em Curitiba, de reunião do Codesul. O enfrentamento da crise política e econômica do país foi um dos temas da reunião. Participaram os diretores do BRDE e o secretário de Governo e Gestão Estratégica do Mato Grosso do Sul, Eduardo Riedel, que representou o governador Reinaldo Azambuja.
Richa destacou que o atual momento pede mudanças e união entre os Estados. “Juntos somos mais fortes e temos como reivindicar o que é de direito dos Estados do Sul”, afirmou. Para ele, é preciso ter a coragem de promover as reformas que foram adiadas, como a política, e um dos principais desafios é ampliar o percentual de investimentos dos Estados.
“Começamos o ano com muitas dificuldades, mas devemos terminar o ano um pouco melhor”, disse Raimundo Colombo, ao citar a renegociação da dívida dos Estados e a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre as greves. “O próximo passo é enfrentar as reformas, como a previdenciária”, afirmou.
O governador José Ivo Sartori disse que o país não se salva sem os estados, destacando que o poder público está muito voltado para si mesmo. “É preciso uma gestão com olhar diferente, o poder público precisa olhar para fora, é isso que a população espera”, afirmou o governador. “Por isso é tão importante essa reunião entre os estados do Sul”, acrescentou.
O governador Beto Richa destacou a importância do BRDE no fomento da economia do Sul do país. “O BRDE é um importante instrumento de fomento da produção de nossos estados, atuando de forma decisiva para prover as necessidades da região”, afirmou, lembrando, no caso do Paraná o apoio do Banco a empresas e cooperativas paranaenses.
“Diante da escassez de crédito e os juros altos praticados no país, o BRDE vem conseguindo garantir as melhores condições de financiamento aos setores produtivos, lembrando a importância das cooperativas do Paraná, as maiores do Brasil, na geração de empregos e no desenvolvimento econômico regionalizado”, acrescentou Richa.
Estavam presentes o presidente do BRDE, Odacir Klein, o vice-presidente e diretor Administrativo Orlando Pessuti e os diretores Luiz Correa Noronha (Planejamento), Neuto Fausto de Conto (Acompanhamento e Recuperação de Créditos), Renato Mello Viana (Financeiro) e João Luiz Regiani (Operações) e o secretário-executivo do Codesul, Antonio Carlos Bettega. Também participaram o superintendente da Agência Paraná do BRDE, Paulo Starke, e a gerente de Planejamento, Tatiane Henn.
Moção – Durante a reunião, os governadores assinaram uma moção, que será encaminhada ao presidente Michel Temer, pedindo o descontigenciamento de operações de crédito, junto a bancos de desenvolvimento e agências de fomento, para municípios da região Sul. O pedido diz respeito a uma resolução do Banco Central que na prática limita a capacidade de financiamento desses bancos e agências de fomento ao setor público.
“Há uma limitação do poder de alavancagem do banco”, lembra Paulo Cesar Starke Júnior, superintendente do BRDE no Paraná. “No caso do BRDE, por exemplo, se considerarmos os R$ 60 milhões que serão emprestados somente aos municípios paranaenses nesse ano, a resolução retira um potencial de alavancagem sete vezes maior, de R$ 420 milhões”, disse.
A medida entrou em vigor em uma tentativa do Banco Central de limitar o endividamento de estados e municípios. Mas, no documento, os governadores alegam que, nos últimos anos, a qualidade da situação financeira dos municípios melhorou, com maior equilíbrio de receitas e despesas, graças ao rígido controle sobre o endividamento público decorrente da Lei de Responsabilidade Fiscal.
Corredores – O secretário de Infraestrutura e Logística do Paraná, José Richa Filho, apresentou na reunião a ferramenta BIM – Building Information Modeling, voltada à modernização de escritórios de engenharia e arquiteto. A nova tecnologia poderá ter financiamento do BRDE. O BIM é uma ferramenta propicia melhorias na qualidade dos projetos, que deixam de ser apenas desenhados e passam a ser modelados em 3D com informações sobre as características da atividade, custos de materiais e mão de obra.
O sistema facilita a detecção de inconsistências, estimula o trabalho colaborativo entre os projetistas das diversas disciplinas, como divisões dos pavimentos, projetos hidráulicos e elétricos, por exemplo. A tecnologia BIM também melhora a precisão dos custos com a obra e reduz a possibilidade de desvios de conduta.
O secretário também a proposta para formação de grandes corredores rodoviários entre Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul. A ideia é ligar os quatro estados, formando um corredor de rodovias federais para melhorar o transporte e o escoamento de produção na região.
A ideia é reunir a informação de cada Estado e criar um caderno com cronograma de ações e valores para ser entregue pelos governadores em Brasília. Alguns exemplos de possíveis corredores rodoviários que fazem parte da proposta são: BR-163, BR-158, BR-153, BR-101, BR-280.
Zicosur – Durante a reunião do Codesul também foi assinado um termo de cooperação com a Zona de Integração do Centro-Oeste da América do Sul (Zicosur), com objetivo de criar uma política de cooperação entre os dois blocos na área de infraestrutura. O termo de compromisso foi assinado pelo governador do Paraná e presidente do Codesul, Beto Richa, e o presidente da Zicosur, Valentín Volta Valencia.
A Zicosur é uma associação que reúne 43 governos locais de seis países, onde vivem cerca de 30 milhões de habitantes: um estado do Brasil (Mato Grosso do Sul), 17 do Paraguai, oito da Bolívia, quatro do Peru e quatro do Chile e nove da Argentina.
Foram assinadas também resoluções aprovando o relatório administrativo do BRDE de 2015, a definição de visão, valores e missão do Banco e orçamento do Codesul para 2017. E ainda ofícios ao ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, pedindo a capacitação de agentes municipais de proteção e defesa civil e a integração dos sistemas de defesa civil, e ao ministro da Ciência e Tecnologia, Gilberto Kassab, solicitando a liberação de recursos para a Rede Climasul.
Mulheres – Na reunião, o secretário-executivo do Codesul, Antonio Carlos Bettega, anunciou a realização em 2017 do Seminário de Políticas para as Mulheres do órgão. Serão quatro eixos temáticos do seminário, promovido pela Secretaria da Família e Desenvolvimento Social do Paraná: Impacto da Participação das Mulheres nas Políticas Públicas (SC); Empoderamento e Empreendedorismo Feminino (MSl); Intersetorialidade entre as Políticas Públicas (RSl); Enfrentamento à Violência contra a Mulher (PR).


Logo BRDE