BRDE

  • Contato

SALA DE IMPRENSA

“Final Pitch” de startups aceleradas pelo BRDE Labs apresentam soluções

Data16/12/21
|CategoriaNotícias

As nove startups finalistas apresentaram suas soluções em transmissão pelo Youtube nesta quarta-feira (15)

As nove startups aceleradas pelo programa BRDE Labs 2021, apresentaram suas propostas no “Final Pitch”, transmitido pelo canal oficial do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) no Youtube. Foram 177 startups que se inscreveram nessa segunda edição deste ano em parceria com a Hotmilk, aceleradora da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) e Amcham Brasil.

“O BRDE Labs 2021, com foco na indústria, cumpre seu objetivo como um ecossistema de inovação aberta para promover e capacitar as startups, aproximando Governo do Estado, universidades e o programa, com estratégias baseadas no tripé conhecimento, inovação e aceleração. Ou seja, soluções que criam forma e novos negócios, de acordo com a dinâmica dos novos tempos”, analisou o presidente do BRDE, Wilson Bley.

Números

As startups finalistas apresentaram suas soluções, após uma avaliação de uma banca composta por especialistas em inovação e tecnologia. Foram selecionadas nove empresas âncora no programa, com inscrição na fase inicial de 177 startups, sendo 58 selecionadas para pitches e 18 delas passaram para a fase de imersão.

As nove startups finalistas escolhidas pelas empresas:
Angelus – Agidesk
Agrocete – Área Argumented
Coop Agrária – Digitalk
Ibema – Logreversa
Furukawa – James Tip
Enaex – Specrux
Doce D’Ocê – Optime
Leclair – Seek
Vetore – Checklist Fácil

Todas foram para o ciclo de aceleração, com mentorias especializadas e workshops, o que resultou em dois contratos assinados, nove provas de conceito e sete negociações em andamento.
Na área de conhecimento, o BRDE Labs teve 54 horas de formação e uma masterclass e ainda 16 lives de conteúdo, com mais de 4 mil pessoas impactadas, que pode crescer ainda mais, ao ser acessado o canal do BRDE.

O superintendente do BRDE Paraná, Paulo Starke acompanhou o “Final Pitch”, onde ressaltou o alto nível das apresentações das startups e lembrou o programa do ano de 2020, com foco no agronegócio e esse ano às grandes indústrias associadas. “Para o próximo ano, vamos inserir o tema ESG, que trata sobre investimentos com critérios de sustentabilidade, mote do banco que se posiciona nessa área”, concluiu Starke.

Sobre o programa

O BRDE Labs foi elaborado com o objetivo de capacitar e acelerar o desenvolvimento do estado do Paraná aproximando as startups do Governo, Universidade, Indústrias e o BRDE para a geração de inovação. O foco do programa será a aceleração das startups selecionadas e conexão com as grandes indústrias do Paraná.

Mais informações no site https://www.brdelabs.com.br/pr/


Logo BRDE