BRDE

  • Contato

SALA DE IMPRENSA

Entidades reconhecem ações de responsabilidade social da Agência Paraná

Data27/01/17
|CategoriaNotícias

Quem entra na Agência Paraná pode ver em exposição várias placas de reconhecimento de entidades ao trabalho realizado pelo BRDE na área de responsabilidade social. As homenagens expostas representam apenas algumas das muitas que a Agência tem recebido ao longo dos anos.
As entidades reconhecem a importância das contribuições feitas pelo BRDE por meio das leis de incentivo fiscal. Apenas no ano passado, 37 projetos no Paraná foram aprovados, totalizando R$ 2,1 milhões em recursos.
Os projetos foram apoiados via Lei Rouanet – para ações culturais –, Lei de Incentivo ao Audiovisual e Lei de Incentivo ao Esporte, os fundos para Infância e Adolescência (FIA) e Municipal do Idoso e os programas Nacional de Apoio à Atenção da Saúde da Pessoa com Deficiência (PRONAS) e Nacional de Apoio à Atenção Oncológica (PRONON).
Desde 2002 o BRDE constituiu um Núcleo de Responsabilidade Social, com o objetivo de incentivar ações institucionais com impactos sociais e ambientais positivos para agentes com os quais o Banco interage.
Entre os diversos eixos de atuação do programa, destaca-se o plano social e de envolvimento do BRDE com a comunidade, incluindo o uso dos mecanismos de renúncia fiscal para destinar recursos significativos a projetos sociais, culturais e desportivos que beneficiam diretamente crianças, adolescentes, idosos e pessoas com necessidades especiais.
Parceria – Entre as homenagens recebidas pela Agência Paraná está o certificado de Empresa Parceira da Associação Franciscana de Educação ao Cidadão Especial (AFECE). Em 2015, o Banco apoiou via incentivos fiscais (PRONAS), o projeto REDI, contribuindo para a ampliação dos serviços de reabilitação e habilitação da entidade, que passaram de 2.500 atendimentos mensais para 5.775.
O certificado entregue ao BRDE, como agradecimento ao apoio, diz: “A AFECE certifica que o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul contribuiu com o atendimento dos 225 cidadãos com deficiência intelectual de Curitiba e Região Metropolitana, nas áreas da educação, saúde e assistência social”.
Em 2016, o BRDE também apoiou a AFECE, desta vez por meio do Fundo da Infância e Adolescência (FIA). Os recursos foram para o projeto Gente Especial, que prevê a ampliação do atendimento a crianças e adolescentes entre dois anos e 18 anos, com sessões diárias de fisioterapia, fonoaudiologia terapia ocupacional, serviço social, nutrição, hidroterapia, cinoterapia (com a presença de cães) e psicologia escolar e clínica.
“A AFECE é uma nova entidade após o aporte de recursos que recebemos nos últimos anos de grandes parceiros, como o BRDE. É um apoio muito importante, porque contribui com a melhoria na estrutura da unidade, reforço de pessoal e ampliação dos serviços que prestamos a todas essas pessoas”, diz Lucilene Marques, uma das coordenadoras da AFECE.
Outra homenagem foi entregue pela Associação dos Amigos do Hospital de Clínicas (AAHC). No diploma, a entidade agradece ao BRDE “pelo inestimável apoio realizado em prol do Hospital de Clínicas do Paraná”.
Entidade sem fins lucrativos, a AAHC foi fundada em setembro de 1986, e trabalha para angariar recursos e congregar esforços da comunidade em prol do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná. Hoje o HC é o maior hospital público do Paraná, com 100% de atendimento via SUS (Sistema Único de Saúde) e o terceiro hospital universitário federal do país.


Logo BRDE