BRDE

  • Contato

SALA DE IMPRENSA

Energias limpas: BRDE chega a R$ 118 milhões em operações aprovadas no RS

Data15/10/21
|CategoriaNotícias

O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) fechou o mês de setembro alcançando a marca de R$ 118,4 milhões em operações de crédito já liberadas ou aprovadas para projetos de geração de energia com fontes renováveis apenas para o Rio Grande do Sul.  O volume representa um aumento de 350% em relação a todo o ano anterior, quando foram liberados R$ 26,1 milhões. Destaque para a implantação de uma pequena Central Hidrelétrica (PCH), no município de Tio Hugo, projeto liderado pela Coprel – Cooperativa de Geração de Energia e Desenvolvimento, que terá financiamento do BRDE de R$ 96 milhões.

Para este ano, foram disponibilizados R$ 300 milhões para atender a essa demanda de mercado no RS. Com um mix de fundos nacionais e internacionais e de recursos próprios, o BRDE vem financiando desde centrais de geração hídrica, parques eólicos, energia solar e até com o uso de biomassa em ações de sustentabilidade na atividade agropecuária. A procura maior é por pequenas centrais hidrelétricas (com potência instalada entre 5 MW a 30 MW) e centrais geradores (até 5 MW de potência).

Ciente das potencialidades da geração de energia com fontes renováveis para o estado e região Sul, o BRDE prepara ações mais ambiciosas para atender a demanda do setor. Conforme a diretora-presidente Leany Lemos, a ideia é definir um marco com forte aporte de recursos para financiamentos ao longo dos próximos anos. “É uma questão estratégica para a economia da região Sul, sermos a região sustentável do país”, destacou.

As perspectivas e demandas em termos de geração de energia com fontes renováveis ficaram evidenciadas durante seminário sobre o tema, promovido pelo banco ainda no mês de agosto. Na oportunidade, o evento debateu as alternativas de financiamento e o quanto a demanda de diferentes setores produtivos trazem de impacto ao desenvolvimento regional e nacional. Os debates contaram com a participação do Ministério de Minas e Energia e representantes dos governos dos três estados do Sul do país.


Logo BRDE