BRDE

  • Contato

SALA DE IMPRENSA

Encontro na Famurs debate importância dos consórcios regionais

Data11/11/21
|CategoriaNotícias

Evento em Porto Alegre tem o apoio do BRDE

O 4º Encontro Regional de Consórcios Públicos reúne representantes de diferentes municípios gaúchos, ao longo desta quinta-feira (11/11), com a finalidade de debater a importância da união de prefeituras e demais órgãos públicos para encontrar soluções conjuntas para demandas comuns. Promovido pela Associação Gaúcha de Consórcios Públicos (AGCONP), ocorre na sede da Federação das Associações dos Municípios do RS (Famurs), em Porto Alegre.

O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) é apoiador do encontro, que tem na pauta orientações sobre a terceirização no serviço público, as mudanças na legislação das licitações e a possibilidade de criança de uma frente parlamentar em âmbito estadual de apoio aos consórcios regionais. A AGCONP tem como presidente Cássio Nunes Soares, ex-prefeito de Pântano Grande.

O diretor de Planejamento do BRDE, Otomar Vivian, participou da abertura do encontro e destacou o papel estratégico dos consórcios para o desenvolvimento regional, ajudando inclusive na redução das desigualdades econômicos e sociais. “Muitos projetos deixariam de serem efetivados se casa município agisse de maneira isolada, mas a conjunção de esforços em busca de um desafio comum é uma grande saída e precisa ser estimulada”, disse ele.

Diretor: papel estratégico dos consórcios

O diretor aproveitou a presença de prefeitos e demais gestores para divulgar os programas do banco, entre eles o BRDE Municípios. O programa trabalha com três eixos principais de financiamento. Um deles é saneamento e mobilidade urbana, que envolve drenagem, tratamentos de resíduos sólidos e líquidos, pavimentação, iluminação pública, ciclovia.

O segundo eixo, que é o de infraestrutura social, urbana e rural, trata de projetos para construção ou reforma de escolas, postos de saúde, centros comunitários, melhorias em estradas vicinais, distritos industriais, infraestrutura turística. A outra vertente é a do desenvolvimento institucional, qualificação, modernização de processos e sistema.


Logo BRDE