BRDE

  • Contato

SALA DE IMPRENSA

Começa a aceleração das startups selecionadas pelo BRDE Labs RS 2022

Data20/07/22
|CategoriaNotícias

Durante o Welcome Aboard BRDE Labs 2022, que aconteceu nesta terça-feira (dia 19), no Hub One POA, unidade do Feevale Techpark em Porto Alegre, foram apresentadas as 12 startups selecionadas pelo programa. O evento também marcou o início da aceleração dos projetos, que participarão de um processo de quatro meses de mentorias, workshops de monitoramento e desenvolvimento e conexões com empresas estratégicas. O programa BRDE Labs RS é uma iniciativa do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) em parceria com a Universidade Feevale, por meio do Feevale Techpark, que é responsável, pelo segundo ano consecutivo, pela metodologia e a condução dos trabalhos em 2022.

O gerente de Planejamento do BRDE RS, Alexander Nunes Leitzke, deu as boas-vindas às startups participantes e agradeceu as empresas âncoras, lembrando que a edição do ano passado do BRDE Labs RS, com execução da Universidade, teve muito êxito. “A lógica desse programa é proporcionar a sinergia entre as startups e as âncoras, tendo o BRDE como elo e o Feevale Techpark como suporte. Com o BRDE Labs RS, nosso objetivo é promover o crescimento do Rio Grande do Sul, pois acreditamos que a inovação é um dos motores do desenvolvimento. Contem conosco”, afirmou Leitzke.

Gerente do BRDE RS destaca sinergia entre as startups e as âncoras

Conforme a diretora de Inovação da Feevale, Daiana de Leonço Monzon, é com muita alegria que a Instituição repete a parceria com o BRDE para execução do programa. “Em 2021, tivemos muitos aprendizados que serviram para aprimorar ainda mais nossa metodologia. Para nós, é muito importante dar esse pontapé inicial e esperamos que, ao final destes quatro meses de aceleração, as startups tenham muitos projetos desenvolvidos juntamente com as empresas âncoras”, projetou Daiana.

Para Bibiana Franzen Matte, da Ambi Realfood, a expectativa em participar da aceleração é que mais pessoas conheçam sobre o segmento da carne cultivada, que é muito recente, e de encontrar parceiros para desenvolver e fomentar essa tecnologia no Brasil. “A carne cultivada é feita a partir de células bovinas, ou seja, é um produto com sabor, textura e componentes nutricionais da carne, mas sem a necessidade de abater animais, o que envolve a sustentabilidade e o combate aos maus-tratos”, explica

Aceleração em quatro meses

O programa selecionou 12 projetos do Rio Grande do Sul nas áreas de Saúde, Ambiental e Sustentabilidade, Agronegócio e Tecnologia da Informação, que participarão do processo de aceleração no Feevale Techpark. O BRDE Labs tem como foco a gestão e a estruturação das startups, de forma a impulsionar o seu desenvolvimento e presença no mercado.

A etapa de aceleração (que corresponde ao terceiro ano do programa, sendo o segundo ano consecutivo com operação do Feevale Techpark), começou nesta terça-feira e terminará em 17 de novembro deste ano, durante o evento BRDE Labs Demoday. Durante esse período de quatro meses, as startups serão contempladas com as fases de validação, product market fit, go to market, crescimento e monitoramento e mentorias, além de mentoria com especialistas, workshops de monitoramento e desenvolvimento, conexões e networking e infraestrutura de apoio no Hub One Porto Alegre. As startups participantes do processo de aceleração terão seu desempenho avaliado ao longo do processo e, ao final, os quatro melhores projetos acelerados receberão premiação em dinheiro, totalizando R$ 160 mil.

No Rio Grande do Sul, além do Feevale Techpark, selecionado pelo BRDE para executar o trabalho junto às startups, nove empresas parceiras do banco participarão da aceleração como âncoras: Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, CCGL, Xalingo, Fida, Kenta, Novus, Hospital Mãe de Deus, Aesc Educação e Saúde e Arrozeira Pelotas. As empresas contribuem com suas experiências para mentorar e propor desafios que possam ser solucionados pelos participantes, uma prática já consolidada no mercado e um dos aspectos mais relevantes do programa.

A aceleração das startups selecionadas pelo Programa BRDE Labs RS ocorrerá de forma híbrida, ou seja, on-line e com possibilidade de encontros presenciais no Hub One POA, unidade do Feevale Techpark em Porto Alegre (Rua Cândido Silveira, 198, Bairro Auxiliadora). Trata-se de um espaço que integra universidade e empresas para a criação de produtos diversificados e soluções conectadas com o mercado. O Hub One Porto Alegre é compartilhado com parceiros estratégicos para gerar negócios, fomentar projetos e desenvolver tecnologias, potencializando a cultura de inovação.

Conheça as 12 startups participantes do BRDE Labs 2022

Ambiental e Sustentabilidade

  • Ambi Realfood (Porto Alegre): a primeira startup brasileira de carne cultivada, com o objetivo de oferecer produto de carne sem abate animal e mais sustentável.
  • Insect Protein – Ingredientes Sustentáveis (Campo Bom): desenvolve produtos inovadores a partir de insetos, utilizando, para isso, tecnologia aliada à ciência.
  • TerraMares (Rio Grande): biotech que conecta produtores e empresas às tecnologias de microalgas para o agronegócio.

Tecnologia da Informação

  • Flixpet Plataformas Digitais (Porto Alegre): superaplicativo que integra o ecossistema pet associado ao metaverso, proporcionando relacionamentos, negócios e conteúdo.
  • Vent (Porto Alegre): plataforma de dados, machine learning e inteligência artificial para transformação digital, via SaaS (Software as a Service), hospedada em formato cloud, que será destinada a empresas de todos os segmentos, e que tem como propósito simplificar o planejamento e a tomada de decisão baseada em dados dentro das organizações.
  • InovaPictor (Novo Hamburgo): sistema que apoia a gestão dos ativos de propriedade intelectual das empresas.
  • Rematefy (Camaquã): plataforma virtual de remates do agronegócio, com estrutura que entrega agilidade para realização de lances em tempo real e uso facilitado por parte dos compradores, que usam um aplicativo móvel, e dos leiloeiros, que possuem uma robusta experiência web, tanto para realização do remate, quanto para gestão pré e pós-evento.

Saúde

  • Isobio – Tecnologia em Produtos Naturais (Porto Alegre): tem como principal atividade o isolamento de substâncias bioativas com alto grau de pureza, por meio do acesso sustentável à biodiversidade e o desenvolvimento de produtos à base de plantas.
  • Luthier Inovação em Reabilitação LTDA (Porto Alegre): tem o intuito de reposicionar a fisioterapia na sociedade, oferecendo soluções de inovação estruturante do setor e entregando autonomia para todos.
  • Lauduz (Santa Maria): plataforma de telemedicina com IoT (Internet of Things), focada em inovar o exame físico remoto e o acolhimento de pacientes sem fluência digital, para garantir maior resolutividade e acessibilidade nas teleconsultas.
  • Nanoplus Indústria e Comércio LTDA (Campo Bom): primeira empresa brasileira a produzir máscaras faciais tipo sheetmask à base de algas, capazes de prover resultados estéticos imediatos.

Agronegócio

  • Lupora – Visão para o Agronegócio (Caxias do Sul): responsável por desenvolver soluções de visão computacional e inteligência artificial, visando atender ao segmento do agronegócio.

*Com informações e fotografias da Assessoria de Imprensa Feevale


Logo BRDE