BRDE

  • Contato

SALA DE IMPRENSA

Com apoio do BRDE, projeto de sociabilização promove ações durante a pandemia

Data12/07/21
|CategoriaNotícias

Desde 2017, através da Lei Federal de Incentivo à Cultura, o projeto ‘A Arte de Pertencer’ tem o apoio Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE). Idealizado e executado pelo Pertence, do Rio Grande do Sul, o projeto desenvolve ações de capacitação e treinamento pessoal para pessoas com deficiência, possibilitando acesso à cultura e suas práticas artísticas, além de benefícios físicos e mentais dos participantes e suas famílias, melhorando assim, a qualidade de vida.

No ano passado, os R$ 30 mil repassados, por causa da pandemia do coronavírus foram investidos em ferramentas que permitiram manter o atendimento para crianças, jovens e adultos com deficiência, com diversas atividades para assim manter uma rotina, cada um em sua residência. Isso inclui, contratação de edição de vídeo, acessibilidade, aparelhos para gravação, materiais usados em oficinas, entre outros. Desde 2017, o banco já destinou em R$ 65 mil em favor do projeto. Segundo o presidente do Pertence, Victor Daniel Freiberg, o projeto ‘A Arte de Pertencer’ já impactou em torno de 400 famílias e que só é viável por conta de parceiros como o BRDE, que acreditam na transformação, na inclusão e em um mundo melhor. “Temos muito orgulho pelas centenas de vidas que transformamos juntos até o momento e temos a certeza de que com a nossa parceria transformaremos muito mais”, ressalta o presidente do Pertence.

Cultura como inclusão social

 Fundado em 2011, o Pertence tem como objetivo criar experiências memoráveis e proporcionar o sentimento de pertencer, amizade e protagonismo da pessoa com deficiência intelectual. O projeto ‘A Arte de Pertencer’, proporciona experiências socioculturais e potencializa as capacidades expressivas e de interação, através do acesso à cultura, do convívio e aprendizado mútuo. Promove e garante seus direitos, visando sua consciência de cidadania, pertencimento e inserção social através do acesso à cultura. Por meio de metodologias ativas, estimula os participantes a explorarem suas potencialidades através da arte.

Por conta da Covid-q19, atividades são realizadas em formato on line

Devido à pandemia, a 3ª edição do projeto gaúcho, que se encaminha para a finalização, acontece em formato virtual possibilitando a sociabilização sem fronteiras e permitindo participantes de todo o país. “A pandemia nos mostrou que com a ajuda das empresas e o apoio da sociedade, nada pode nos parar, ao contrário, tudo nos fortalece e nos dá mais ânimo para correr atrás dos nossos sonhos e objetivos”, destaca Freiberg.

Incentivos Fiscais

Como agente de desenvolvimento social, econômico e cultural da região onde atua, o BRDE tem como política apoiar, através das leis de incentivos fiscais, diferentes projetos sociais, do esporte, da cultura e da saúde. A inciativa constitui parte de sua política de responsabilidade socioambiental e compromisso com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), aplicando de forma direta recursos no Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná.

No dia 17 de junho, o banco publicou o edital de seleção para os projetos que serão contemplados em 2021. Os pedidos de apoio aos projetos são recebidos exclusivamente em meio eletrônico, através do Portal de Incentivos, disponibilizado no site do BRDE. O prazo de inscrições vai até o dia 30 de setembro.  No ano passado foram selecionados 106 projetos nos três estados, que totalizaram R$ 4,3 milhões. Desde 2015, foram ao redor de R$ 24 milhões de repasses.


Logo BRDE