BRDE

  • Contato

SALA DE IMPRENSA

BRDE terá R$ 215 milhões para financiar inovação no setor audiovisual, incluindo jogos eletrônicos

Data05/05/22
|CategoriaNotícias

Nova linha de crédito aprovada pela Ancine é anunciada durante o South Summit Brasil

Com foco em financiar projetos de novas tecnologias e soluções de acessibilidade para o setor audiovisual, o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) anunciou, nesta quinta-feira (5/05), uma linha de crédito de R$ 215 milhões, o que contempla também projetos de infraestrutura para a indústria de jogos eletrônicos. Os recursos têm origem no Fundo Setorial de Audiovisual (FSA) e que estão sendo disponibilizados pela Agência Nacional do Cinema (Ancine).

A novidade foi divulgada durante workshop que o banco realizou em parceria com a Ancine no South Summit Brasil, que está ocorrendo em Porto Alegre, quando foram apresentadas ao mercado de games opções de apoio para o fortalecimento na produção dos jogos digitais. O evento contou com a participação da gerente de Desenvolvimento de Mercado da Ancine, Fabiana Trindade. Ela explicou que desde 2016 não havia uma linha de crédito com foco nos games.

Nova linha incluindo games já está disponível

A linha de crédito oferece taxas bastante atrativas e terá o BRDE como operador exclusivo. Empresas interessadas já podem encaminhar solicitações através do site do banco:www.brde.com.br/fsa. O workshop foi coordenado pelo gerente de Planejamento do BRDE no Rio Grande do Sul, Alexander Nunes Leitzke.

A analista de Operações do banco na agência de Curitiba (PR), Patrícia Marquart, apresentou alguns aspectos que envolvem as operações de crédito para o setor audiovisual, um dos mais afetados pelas restrições sanitárias adotadas para conter o avanço do coronavírus.  Ela destacou que o banco há dez anos é parceiro operacional do FSA, inicialmente atuando em investimentos na produção (R$ 7 bilhões no total). Mas por conta dos efeitos da pandemia de Covid-19, entre 2020 e 2021 o banco registrou R$ 125,9 milhões em operações de financiamento de uma linha emergencial, em especial para capital de giro. Na soma com as operações do BNDES, foram R$ 323 milhões em financiamentos emergenciais para o setor audiovisual do país, o que permitiu que as empresas enfrentassem despesas de folha dos funcionários e evitar demissões.

Games

Setor que registrou uma expansão ainda mais expressiva durante a pandemia, o mercado de jogos eletrônicos deve movimentar US$ 196 bilhões de dólares neste ano em todo mundo. E as projeções são de alcançar US$ 219 bilhões até 2024, se consolidando como maior segmento entre as indústrias do entretenimento, superando inclusive o que a música e o cinema faturaram juntos.

Mesmo sendo o 5º mercado consumidor mundial, o Brasil ocupa a 13ª posição como produtor de games, motivo pelo qual o país viu crescer em 600% a importação no ano passado.

Fotos: Carolina Greiwe/BRDE


Logo BRDE