BRDE

  • Contato

SALA DE IMPRENSA

BRDE participa de lançamento de plataforma que mapeará ODS na região Oeste do Paraná

Data23/11/18
|CategoriaNotícias

O BRDE participou do lançamento da Plataforma Oeste 2030, uma parceria da Itaipu Binacional com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). O lançamento foi nesta quinta-feira (22), no Parque Tecnológico Itaipu, em Foz do Iguaçu, Região Oeste do Paraná.
A plataforma consiste em um software que irá reunir 67 indicadores ambientais e vai monitorar o progresso dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) na região. É a primeira plataforma das Nações Unidas para acompanhamento dos ODS em nível municipal. “É uma iniciativa inédita do PNUD e única do mundo”, afirmou a coordenadora de Desenvolvimento Humano do PNUD, Samantha Salve.
Dentro dos objetivos da nova plataforma, BRDE, PNUD e Itaipu discutem projeto de cooperação técnica para promover o desenvolvimento sustentável nos 54 municípios da região de abrangência da hidrelétrica, com foco na implementação da Agenda 2030.
Monitoramento – A origem da Plataforma Oeste 2030 vem do Atlas do Desenvolvimento Humano do Brasil, que também tinha como base os indicadores socioambientais para medir o IDH no país.
Em 2015, quando o Brasil assumiu o compromisso global de alcançar o desenvolvimento sustentável por meio da Agenda 2030, as ações começaram a se voltar para o monitoramento dos ODS.
O programa se baseia em indicadores oficiais, cobrindo cada um dos 17 ODS. Os dados do SUS, por exemplo, mostram a evolução do ODS 3, sobre saúde e bem-estar. As informações do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (INEP) apontam o andamento do ODS 4, sobre educação.
“Uma empresa que quer fazer um investimento precisa contratar uma série de estudos. E isso é bastante caro. Agora temos esta plataforma com uma riqueza enorme de dados. Com certeza usaremos para o desenvolvimento da região”, afirmou o presidente do programa Oeste em Desenvolvimento, Danilo Vendrusculo.


Logo BRDE