BRDE

  • Contato

SALA DE IMPRENSA

BRDE marca presença no lançamento da Aliança de Bancos Subnacionais de Desenvolvimento da América Latina e Caribe

Data06/04/21
|CategoriaNotícias

Inspirada na primeira cúpula global de bancos públicos de desenvolvimento, ocorrida em novembro de 2020, na França, foi lançada nesta terça-feira (6/4) a Aliança de Bancos Subnacionais de Desenvolvimento da América Latina e Caribe (Alianza de Desarrollo), também com o compromisso de se alinhar às metas de clima, desenvolvimento sustentável e biodiversidade.

O evento contou com a participação da diretora-presidente do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), Leany Lemos, que elencou os avanços que a instituição vem alcançando nos últimos anos através dos programas com aderência à Agenda 2030 e aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas – ODS.

Como convidada do painel que debateu o papel dos bancos de fomento como formuladores de políticas e de mercado para apoiar as áreas urbanas e o desenvolvimento territorial, Leany Lemos destacou que a área de atuação do BRDE compreende em torno de mil cidades da região do Sul do país. “Esse é um diferencial do banco, a proximidade com os municípios com a oferta não apenas de crédito, mas de assistência técnica na construção dos projetos”, mencionou. Um dos grandes desafios, segundo ela, é continuar na diversificação de fundos através de parcerias nacionais e internacionais com o objetivo de ampliar a carteira de financiamento aos municípios, que hoje representa 5% entre todas as operações.

A partir do compromisso com a Agenda 2030 e os ODS, Leany Lemos salientou que o BRDE, através do seu programa voltado à produção e ao consumo sustentáveis, ampliou o apoio às cidades e empresas privadas para projetos de energia renovável, eficiência energética, tratamento de água e agricultura de baixo carbono. “De uma carteira de R$ 3,3 bilhões ao final de 2020, esses programas já respondem por 17%”, enumerou.

A presidente também listou o BRDE Labs, programa de financiamento para as ações de inovação e aceleração de startups com presença forte nos três estados acionistas do banco: Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. Para enfrentar o que ela definiu como desafio mundial de incentivar o empreendedorismo das mulheres, presente entre as metas das Nações Unidas para o planeta, Leany Lemos mencionou o recente programa BRDE Empreendedoras do Sul.

Aliança

Organizadora da cúpula mundial (Cúpula Finance in Common) realizada em Paris, a Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD) está entre as instituições que lideram a formação da Alianza de Desarrollo. Participam também do lançamento o Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), o Fundo Global para Cidades
Desenvolvimento (FMDV) e o Instituto de Desenvolvimento Sustentável
e Relações Internacionais (IDDRI). Na abertura do evento, manifestaram-se o diretor-executivo da AFD, Rémy Rioux, e o presidente do BDMG, Sérgio Gusmão Suchodolski.

A mesa redonda que teve a presença de Leany Lemos foi coordenada pelo diretor-executivo do IDDRI, Sébastien Treyer, e contou ainda com as participações de representantes de bancos de desenvolvimento de países vizinhos da América Latina.


Logo BRDE