BRDE

  • Contato

SALA DE IMPRENSA

BRDE libera R$ 13 milhões a empresas e produtores rurais do Paraná e Mato Grosso do Sul

Data08/02/17
|CategoriaNotícias

O BRDE liberou nesta quarta-feira (8), durante o Show Rural Coopavel 2017, em Cascavel, R$ 13 milhões em financiamentos a empresas e produtores rurais do Oeste do Paraná e municípios do Mato Grosso do Sul. Foi durante a primeira reunião do ano do Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul (Codesul). São contratos com empresas dos setores do agronegócio, gastronomia, laticínios, máquinas e equipamentos agrícolas e cooperativista.
Participaram da reunião os governadores do Paraná, Beto Richa, de Santa Catarina, Raimundo Colombo, José Ivo Sartori, do Rio Grande do Sul, e Reinaldo Azambuja, do Mato Grosso do Sul. Também estavam presentes o presidente do BRDE, Odacir Klein, e os diretores Orlando Pessuti e Renato Vianna, além do secretário-executivo do Codesul, Antonio Carlos Bettega e do presidente da Coopavel, Dilvo Grolli.
“Foram distribuídos financiamentos para muitas empresas e cooperativas mostrando a solidez e a importância do nosso BRDE. Boa parte desses recursos foram destinados para as cooperativas, que têm um papel central no desenvolvimento da nossa economia”, disse o governador Beto Richa.
Os governadores elogiaram a estrutura e a qualidade dos expositores do Show Rural e destacaram a importância da feira para o desenvolvimento de toda a Região Sul. “O Show Rural é um orgulho para o Paraná. Trouxemos os demais governadores aqui para prestigiar e demonstrar nosso reconhecimento à pujança desse evento, que atrai produtores e autoridades do Brasil e outros países”, afirmou Beto Richa.
Na reunião do Codesul, os governadores assinaram, entre outros documentos, uma resolução que trata da inspeção de produtos industrializados de origem animal. A resolução permitirá que produtos industrializados em um dos estados do Sul possam ser comercializados em outro estado da região, o que não era permitido até agora.
Os governadores também discutiram a revisão e a consolidação do orçamento de despesas administrativas do BRDE do exercício de 2016 e a proposta orçamentária do banco para 2017. “Nós estamos com um orçamento bem modesto respeitando a dificuldade que passa o país, enxugando onde é possível enxugar”, disse o vice-presidente e diretor Administrativo Orlando Pessuti.
O presidente do BRDE, Odacir Klein, anunciou na reunião as novas condições de financiamento a projetos em Mato Grosso do Sul. As regras estão mais flexíveis, permitindo ampliar o apoio a projetos financiados pelas linhas FCO Empresarial e FCO Rural”, disse Klein. “Estamos desburocratizando, retirando exigências, o que permitirá ampliar as operações”. O diretor Orlando Pessuti lembrou os R$ 3 bilhões aplicados pelas três agência do Banco em 2016.
A antiga exigência, de que 50% dos investimentos fixos deveriam se constituir de bens produzidos na Região Sul ou serviços prestados por empresas nela sediadas ficou assim: para empresas e produtores rurais com faturamento de até R$ 3,6 milhões por ano, o percentual passou a ser zero; para empresas e produtores com faturamento anual maior que R$ 3,6 milhões e menor que R$ 16 milhões, o percentual passou a ser de 25%.
O governador Reinaldo Azambuja agradeceu a parceira com o BRDE e os governos dos estados do Sul, e ressaltou a importância da novas condições de financiamento no Mato Grosso, pelo FCO, adotadas pelo Banco. Falou também da importância da região para o desenvolvimento do país.
Contratos – A liberação do crédito foi feita com a entrega de cheques simbólicos, pelo governador Beto Richa e diretores do BRDE, e assinatura de contratos. A empresa Paradouro Big Peixe recebeu um cheque de R$ 280 mil. A empresa, que já tem um restaurante em Cascavel, vai construir um novo estabelecimento em Toledo.
Um cheque simbólico também foi entregue à Cooperativa Frimesa, no valor de R$ 6,9 milhões, para compra de equipamentos para a unidade de carne de Medianeira. “O mundo evolui e, para continuarmos produzindo com custos competitivos, precisamos colocar o que há de mais moderno em máquinas, equipamentos e automação”, disse o presidente da cooperativa, Valter Vanzella.
Também recebeu um cheque simbólico o produtor Ivan Carlos Orlando, de Toledo, no valor de R$ 1,22 milhão, para compra de uma plataforma de milho, duas colheitadeiras e uma plataforma de soja. Recebeu o cheque representando o produtor o gerente da M.A.Máquinas, Angelo Giombelli Filho. Outro cheque, no valor de R$ 97,9 mil, foi entregue ao produtor Márcio Montagner Lago, para compra de uma carreta graneleira no município de Rio Brilhante (MS), com recursos do FCO.
O governador Beto Richa e diretores do BRDE assinaram contratos de financiamento com a empresa La Mucca do Brasil S.A, e avicultores do Mato Grosso do Sul. A empresa vai investir R$ 2,5 milhões na reforma, ampliação e modernização da unidade de Quatro Pontes (PR). Os avicultores vão investir R$ 1,7 milhão – recursos do FCO – na construção de dois aviários em Tacuru (MS), para fornecimento em sistema integrado à empresa Bello Alimentos, de Itaquiraí (MS).
Evento – O Show Rural Coopavel é o maior evento do agronegócio no Estado e um dos mais importantes no país, com repercussão internacional. Promovida pela Coopavel Cooperativa Agroindustrial, a feira é um espaço de difusão de novas tecnologias para o aumento de produtividade de pequenas, médias e grandes propriedades rurais, trazendo o que há de mais moderno em termos de máquinas, equipamentos e técnicas de utilização sustentável do solo.
O governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo, falou da grandiosidade do Show Rural, que está em sua 29ª edição, e lembrou a importância do agronegócio na recuperação da economia nacional. “O agronegócio vem segurando setores que continuam em crise”. O governador José Ivo Sartori d estacou a importância da feira na difusão de novas tecnologias em toda cadeia do agronegócio.
Na edição de 2016, o Show Rural atraiu 235 mil visitantes, um recorde de público. A expectativa para 2017 é que esse número aumente ainda mais. Na feira deste ano, serão 520 expositores, lançando produtos e divulgando novas tecnológicas para o setor agropecuário em uma estrutura de 720 mil m², além de palestras e encontros técnicos que acontecerão durante os cinco dias de evento. Participam da feira as maiores instituições financeiras do país.novidades do mercado para os produtores rurais.
Durante a feira, grandes empresas mundiais de pesquisa e de fabricação de equipamentos lançam produtos e tecnologias, antecipando com exclusividade as novidades do mercado para os produtores rurais. A participação do BRDE no Show Rural é uma ótima oportunidade para divulgação de programas e linhas de financiamento a públicos de interesse da instituição, buscando novos negócios para ampliar sua atuação como agente de desenvolvimento da Região Sul.
20170208123733__MG_5514 20170208123511__MG_5478 DSCN2316 DSCN2332


Logo BRDE