BRDE

  • Contato

SALA DE IMPRENSA

BRDE Labs 2021 escolhe startups e entra em fase de aceleração

Data07/10/21
|CategoriaNotícias

A fase mais importante do programa vai até o dia 15 de dezembro, data do encerramento

As empresas e startups participantes do BRDE Labs 2021, programa de aceleração e desenvolvimento do ambiente de inovação na Região Sul do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul-BRDE, escolheram nove startups participantes para entrar na fase de aceleração. O programa é realizado em parceria com a Hotmilk, aceleradora da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), e Amcham Brasil.

Das 172 startups inscritas, estas foram as escolhidas para receber mentorias, workshops e aplicação das soluções trazidas pelas startups nos problemas apresentados pelas empresas participantes do BRDE Labs.

Segundo a Hotmilk, esta fase vai funcionar em três etapas: eficiência operacional, tração e negócios. Todas elas envolvem os profissionais do BRDE, Hotmilk e Amcham que estarão direcionando e auxiliando no crescimento de cada startup finalista.

A fase mais importante do projeto teve seu kick-off nesta quarta e o projeto vai até o dia 15 de dezembro, quando cada startup participante apresenta o que foi feito durante o período em que esteve em contato com o BRDE Labs.

“A fase de aceleração é extremamente importante para nós. Agora, as startups começam a se estabilizar e recebem todo o apoio dos profissionais do banco para que elas cresçam e se desenvolvam cada vez mais. Este é nosso objetivo, contribuir para a inovação, sempre”, afirma o vice-presidente e diretor de operações do BRDE, Wilson Bley.

Mais uma novidade do Banco para as startups participantes deste ano é a possibilidade de solicitação de crédito do BRDE ao final do programa. “No final desta fase de aceleração, nós também teremos um momento de mostrar às nossas startups os fundos de investimento. Portanto, é uma oportunidade bem importante de conexões também com a captação de recursos e fomento”, conclui a gerente de planejamento da agência do BRDE no Paraná, Lisiane Astarita.

As nove startups finalistas escolhidas pelas empresas foram:
Angelus – Agidesk
Agrocete – Área Argumented
Coop Agrária – Digitalk
Ibema – Logreversa
Furukawa – James Tip
Enaex – Specrux
Doce D’Ocê – Optime
Leclair – Seek
Vetore – Checklist Fácil

SOBRE O PROGRAMA

O BRDE Labs foi elaborado com o objetivo de capacitar e acelerar o desenvolvimento do estado do Paraná aproximando as startups do Governo, Universidade, Indústrias e o BRDE para a geração de inovação. O foco do programa será a aceleração das startups selecionadas e conexão com as grandes indústrias do Paraná.
Saiba mais pelo site https://www.brdelabs.com.br/pr/


Logo BRDE