BRDE

  • Contato

SALA DE IMPRENSA

BRDE financia maior obra de saneamento do Litoral do Paraná

Data13/01/17
|CategoriaNotícias

A primeira etapa das obras de ampliação da rede de esgoto de Matinhos e Pontal do Paraná, no Litoral do Estado, que tem parte do valor financiado pelo BRDE, foi entregue nesta sexta-feira (13), pelo governador Beto Richa. Foram entregues 6 mil ligações de esgoto nos dois municípios, das 25 mil previstas no projeto.
O valor total da obra, que está sendo executada pela empresa Saneamento Litoral Paraná, é de R$ 252 milhões. É o maior investimento em saneamento da história do Litoral paranaense. Na primeira etapa do projeto, foram investidos R$ 70 milhões. O BRDE participa da obra, em parceria com a Caixa Econômica Federal, com o repasse de R$ 58,8 milhões.
A obra representa o primeiro contrato de financiamento do Banco para o setor privado com recursos do FGTS, por meio do programa Saneamento para Todos, do governo federal. O presidente em exercício do BRDE Orlando Pessuti e o diretor de Operações João Luiz Regiani acompanharam a entrega das 6 mil primeiras ligações.
“É uma obra que soma esforços do governo federal e do Governo do Paraná para garantir coleta e tratamento de esgoto, tratamento e distribuição de água de qualidade”, disse Pessuti. “O BRDE trabalha para o desenvolvimento econômico e social dos municípios, financiando projetos estruturantes, que mudam para melhor a vida das pessoas, como essa obra no Litoral do Paraná”, afirmou Regiani.
Pessuti e Regiani acompanharam o governador na vistoria das obras de construção da estação elevatória de esgoto Beltrami, em Pontal do Paraná. Em Matinhos, eles visitaram a Cantina da Nena, imóvel que recebeu a ligação de esgoto número 6.000. A lanchonete funciona desde 1996 e só agora conta com rede de esgotamento sanitário.
Araci Unfireed, proprietária do imóvel, disse que a ligação do esgoto na rede, além de mais conforto e saúde, representa também economia no negócio. “Tínhamos de prever na nossa contabilidade o custo com o caminhão limpa fossa, que é alto. Agora a gente vai conseguir até melhorar o lucro”, disse.
Trabalho conjunto – “O planejamento da Sanepar no Litoral tem dado muito certo. Saneamento é qualidade de vida e saúde. Muitos governantes não gostam de fazer este tipo de obra porque são enterradas, não aparecem, e os recursos são vultuosos”, disse o governador Beto Richa.
O governador destacou a importância da parceria do BRDE com a CAIXA para financiar a obra. “É um trabalho conjunto, que tem avançado e garantido importante desenvolvimento do nosso Litoral”, afirmou Richa.
Os prefeitos de Pontal do Paraná, Marcos Fioravante, e de Matinhos, Ruy Hauer Reichert, comemoram o investimento. “Obra muito importante, que muda o nosso município para sempre, porque Matinhos é turístico. Tínhamos problemas com balneabilidade das águas e essa obra está solucionando”, disse Reichert.
“Vai refletir, não só agora, mas por muitos e muitos anos. O Litoral do Paraná nunca mais será o que era há anos atrás. Isso é muito importante também para a economia dos nossos municípios”, comemorou o prefeito de Matinhos.
População beneficiada – A previsão é entregar a nova rede de esgoto até final de 2018, beneficiando mais de 100 mil moradores, além de veranistas. Com as obras, o índice de coleta e tratamento de esgoto em Matinhos passará dos atuais 52% para 85% da população urbana. No município de Pontal do Paraná, o índice subirá de 26% para 75%.
O projeto prevê a construção de 29 estações elevatórias de esgoto, sendo 14 em Matinhos, entre os balneários de Caiobá e Monções. Em Pontal do Paraná, serão 15 unidades, entre os balneários de Beltrami e Pontal do Sul.
Em Matinhos, serão implantados 274 quilômetros de redes coletoras (14,5 km de remanejamento), 13.584 ligações de esgoto (979 remanejadas) e 14 elevatórias de esgoto. Em Pontal do Paraná, serão 255 quilômetros de redes coletoras, 12.395 ligações e 15 elevatórias.


Logo BRDE