BRDE

  • Contato

SALA DE IMPRENSA

BRDE e Fomento assinam convênio para estimular empregos no território paranaense

Data29/12/20
|CategoriaNotícias

O convênio tem o objetivo de auxiliar no programa Paraná Mais Empregos por meio da área operacional de cadastros e liberação de créditos.

O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) firmará um novo convênio com a Fomento Paraná que irá estimular empregos no estado por meio do programa do governo Paraná Mais Empregos.

O projeto é responsável por dois subprogramas denominados como Banco do Empreendedor Paranaense e Banco do Agricultor Paranaense. Ambos têm como propósito a geração de empregos na região, apoio ao agronegócio e à agroindústria paranaense, apoio à implantação de projetos que utilizem fontes alternativas para a geração de energias renováveis, sustentabilidade econômica e ambiental e capacitação dos agentes tomadores de recursos, de técnicos e produtores rurais.

“Nós celebramos esta parceria por conta da importância do programa para a economia do Paraná. Os bancos, por meio da liberação de créditos, vão estimular empregos e gerar o crescimento econômico do estado”, relata o vice-presidente e diretor de operações do BRDE, Wilson Bley.

O papel do BRDE no convênio será de operacionalizar o cadastro e seleção dos interessados em obter crédito no programa, além de se responsabilizar integralmente pela contratação, liberação, acompanhamento e cobrança dos empréstimos nos termos das linhas de crédito utilizadas para a operação do Paraná Mais Empregos. O beneficiários terão parte dos juros da operação de financiamento pagos pelo FDE, sendo que as maiores reduções serão para projetos em municípios com IDH abaixo da média Estadual.

Podem solicitar crédito ao Banco do Empreendedor Paranaense e ao Banco do Agricultor Paranaense a micro/pequena/média empresa, o produtor rural, a agroindústria familiar, as cooperativas da agricultura familiar, as cooperativas de produção, de comercialização e de reciclagem e as associações regularmente constituídas.

A parceria ainda aguarda ser publicado o Decreto do Estado para ser validada.


Logo BRDE