BRDE

  • Contato

SALA DE IMPRENSA

BRDE divulga projetos beneficiados em SC por leis de incentivo fiscal

Data28/12/20
|CategoriaNotícias

Ao todo, em 2020, foram aprovados cerca de R$ 4,1 milhões para projetos sociais, culturais e esportivos em Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul.

Como parte de sua política de responsabilidade socioambiental, o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) se mobiliza todos os anos para o recebimento, avaliação e deliberação de projetos que buscam apoio com base em leis de incentivo. Em 2020, após um longo trabalho de análise das inscrições, foram aprovados mais de 100 projetos sociais, culturais e esportivos nos três estados do Sul, por meio do Fundo do Idoso, Fundo da Criança e do Adolescente, Lei de Incentivo ao Esporte, Lei de Incentivo à Cultura, Pronas/Saúde e Pronon/Oncologia. O valor a ser repassado às entidades e organizações sociais chega a R$ 4,1 milhões. Apenas em Santa Catarina, são 33 iniciativas contempladas num total de R$ 1,1 milhão em recursos aprovados para investimento nos projetos sociais.

É o caso do Bairro da Juventude, de Criciúma, no Sul do Estado, instituição com 70 anos de história voltados ao atendimento gratuito de 1,5 mil crianças, adolescentes e jovens em risco social. “Existem três grandes vantagens para que os doadores colaborem com nossa Instituição através do Imposto de Renda. Primeiro, o recurso fica no estado; segundo, pode acompanhar o investimento, ver o que estamos realizando com as doações; e terceiro, está ajudando uma causa social. Esse fluxo de solidariedade certamente alcança quem mais precisa”, ressalta o diretor de Projetos do Bairro da Juventude, Anézio Luiz de Souza.

Em Florianópolis, uma das instituições beneficiadas é o Instituto Guga Kuerten que atende 500 crianças com ações educacionais e esportivas no Programa Campeões da Vida. “Nada disso é possível sem as parcerias. Por isso gostaríamos de agradecer o apoio do BRDE neste projeto que faz a diferença na vida dessas crianças e seus familiares”, menciona a Superintendente Executiva do Instituto Guga Kuerten, Silvana Silveira Medeiros.

Nos últimos seis anos, o BRDE disponibilizou cerca de R$ 24 milhões para instituições dos três estados do Sul. Já são cerca de 600 projetos beneficiados que ajudaram milhares de crianças, idosos, artistas, portadores de necessidades especiais, pacientes com câncer e pessoas que se encontram em situação de vulnerabilidade social.

“Acreditamos que como agente do desenvolvimento social, econômico e cultural da região, temos o dever de apoiar esses projetos. Se mais empresas aderirem a essa modalidade de doação, estaremos aumentando a nossa contribuição para o crescimento de toda a região Sul’, reforça o diretor de Acompanhamento e Recuperação de Crédito, Vladimir Arthur Fey.

Todas as propostas foram analisadas pela Comissão de Avaliação Interna do banco, que considerou a viabilidade e o impacto social dos projetos. As iniciativas mais bem avaliadas pela equipe técnica foram encaminhadas à diretoria que reconheceu os nomes dos proponentes contemplados e os valores a serem distribuídos. “Um trabalho que orgulha nossa instituição e que tem impacto em todas as regiões de Santa Catarina. O apoio a um projeto importante para Santa Catarina representa uma maneira de solidificar os valores do BRDE dentro e fora da nossa instituição”, ressalta o diretor financeiro, Marcelo Haendchen Dutra.

Outro exemplo de como os recursos ajudam no desenvolvimento social das regiões vem de São Miguel do Oeste. O apoio do BRDE com o projeto de “Imersão Literária” possibilitou à Editora Mais que Palavras a produção, publicação e distribuição de pelos menos 3 mil livros ilustrados, impressos e digitais, destinados às crianças, famílias e educadores. “Tudo isso só é possível mediante as parcerias, como essa do BRDE”, destaca a editora e produtora cultural, Terezinha Osmari.

Um dos projetos atendidos este ano fica no município de Sul Brasil, no Meio Oeste catarinense. O apoio do BRDE ao projeto “Multiplicadores Maduros, conectando e fortalecendo os idosos no enfrentamento ao coronavírus”, vai proporcionar mais qualidade de vida e valorização da pessoa idosa. “Esse apoio que o BRDE tem dado tem sido fundamental para a realização de sonhos que foram construídos com parcerias e com objetivos em comum: tornar o mundo melhor”, comemora a Coordenadora do CRAS, Simone Rottava Ferrari.

O que é incentivo fiscal?

O incentivo fiscal é um instrumento que permite que as empresas escolham a destinação de parte de seus impostos a projetos que considerem importantes na transformação social do país. Os recursos podem ser diretamente aplicados em projetos sociais relacionados à cultura, pesquisa, esporte, saúde, entre outras áreas.

Como inscrever um projeto?

O interessado em inscrever seu projeto no Portal de Incentivos do BRDE necessita, primeiramente, ter seu projeto já aprovado no Diário Oficial do órgão competente e ter autorização para captar recursos no ano vigente. É preciso ressaltar que o BRDE apoia projetos que desempenhem suas atividades apenas nos estados em que o banco atua – ou seja – Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná.

 


Logo BRDE