BRDE

  • Contato

SALA DE IMPRENSA

BRDE divulga macroprogramas de negócios na Mercosuper

Data05/04/22
|CategoriaNotícias

Nos últimos cinco anos foram liberados R$133,7 milhões em recursos para empresas do setor supermercadista

Com a oportunidade de divulgar seus novos macroprogramas em linhas de crédito, financiamento e novos negócios, o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), vai participar da Mercosuper, que acontece a partir desta terça-feira (04) até dia 07, no Expotrade Convention Center, em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba.

Nos últimos cinco anos, o BRDE liberou R$ 133,7 milhões para empresas do setor supermercadista de atacados e atacarejos (forma de comércio que reúne atributos de duas formas tradicionais de comercialização: o atacado e o varejo), com enfoque nas micro, pequenas e médias empresas. Desse valor, 19,3%, ou seja, R$ 25,8 milhões foram destinados a projetos do Programa BRDE Energias Limpas e Renováveis, que financia a instalação de placas fotovoltaicas, a fim de reduzir custos do negócio com energia.

No entanto, a Mercosuper, uma das maiores feiras do setor supermercadista do país, também funciona como espaço de prospecção para os programas de desenvolvimento do banco: Meu Negócio é BRDE e Mais Energia Sustentável é BRDE. “Nossa equipe apresenta todas as linhas possíveis, voltadas às empresas de todos os portes; desde o pequeno mercado até grandes redes, incluindo recursos para construção de novas unidades, ampliação e reforma das instalações e capital de giro associados ao projeto”, explicou o presidente o BRDE, Wilson Bley Lipski.

Energia renovável – Nos últimos anos, houve um crescimento do setor supermercadista, à procura de investimentos ligados a fontes alternativas de energia, como forma de reduzir o custo de um dos principais insumos da atividade.

Em fevereiro deste ano, Leonardo Basseto, proprietário do Supermercado Baía Azul, localizado em Guaratuba, no litoral paranaense, contou sobre a implantação de um sistema gerador fotovoltaico, em suas unidades na região, com recursos captados da Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD), onde o BRDE trabalha essa linha de financiamento para projetos de impacto social e ambiental. Segundo o empresário, o projeto atende 35% do consumo total da rede e futuramente deve ser estruturada em sua totalidade, com energia solar. O case de Basseto foi matéria que pode ser acompanhada na Agência Estadual de Notícias do Paraná.


Logo BRDE