BRDE

  • Contato

SALA DE IMPRENSA

BRDE apresenta programa que fortalece parceria com municípios em encontro de prefeitos gaúchos

Data24/03/22
|CategoriaNotícias

Depois de atingir a marca histórica de R$ 1,4 bilhão em novos investimentos no Rio Grande do Sul apenas no ano passado, o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) quer ampliar a parceria com os municípios gaúchos. Através do programa “Município Forte é BRDE”, o banco já financiou mais de R$ 361 milhões nos últimos cinco anos, contemplando projetos em 80 prefeituras, mas há espaço na carteira do banco para ampliar as operações de financiamento com o setor público.

Para apresentar as oportunidades de crédito e assistência técnica a projetos que vão desde obras de urbanização de ruas e avenidas, passando por maior eficiência no sistema de iluminação pública e gestão de resíduos, o banco participou do primeiro dia da Assembleia de Verão 2022, nesta quinta-feira (24/03). Tradicional evento organizado pela Famurs (Federação das Associações dos Municípios do RS), o encontro reúne prefeitos e representantes das 497 prefeituras gaúchas em dois dias de programação.

Conforme a diretora de Operações, Leany Lemos, o banco vem buscando diversificar suas fontes de recursos, o que incluiu funding de instituições financeiras internacionais, justamente para atender as necessidades atuais das cidades, em especial nos projetos com alinhamento aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) e à agenda climática. “Somos um banco cuja missão é o desenvolvimento econômico e social da Região Sul. Criamos uma nova matriz de programas justamente com esse olhar para a sustentabilidade ambiental e social, com linhas exclusivas para as mulheres empreendedoras, aos jovens, energias renováveis e microcrédito, entre outros setores já tradicionais que o BRDE apoia, como é o agro”, afirmou a diretora.

Operações no RS já superam R$ 307 milhões

Banco reafirma atuação em parceria com os municípios

Leany Lemos apresentou as principais oportunidades que o banco oferece para financiamento as prefeituras e estabeleceu como meta ampliar neste ano o número de cidades contempladas. Ela relatou que neste ano, o BRDE já contabiliza R$ 307 milhões em operações apenas no Rio Grande do Sul, o que representa mais da metade de todo o volume contrato pela instituição nos três estados onde opera. “Foram mais de 5.800 operações desde o início do ano, em especial através do programa Juro Zero RS, onde a média das operações é em torno de R$ 60 mil por empréstimo, o que demonstra nossa atuação em favor da retomada da economia gaúcha”, frisou.

Na abertura do painel, o diretor de Planejamento, Otomar Vivian, fez uma saudação à Famurs pela organização do evento, que sempre traz importantes contribuições ao trabalho dos gestores municipais. “Estamos à disposição dos municípios gaúchos”, frisou o diretor. Numa referência ao acordo de cooperação que o banco assinou com a prefeitura de Sapiranga para a estruturar o projeto de iluminação pública da cidade, Otomar observou a dificuldade das pequenas e médias cidades têm para estruturar projetos voltados às parceria público-privadas (PPPs), algo que o BRDE passa a atuar a partir de agora.

O programa específico para municípios foi lançado em 2015 e contempla, também, crédito para obras de saneamento, produção de energia com fontes renováveis, aquisição de maquinário, construção de prédios para abrigar serviços públicos e adaptações em edificações destinados a programas habitacionais.

Fundo global

A convite dos diretores do BRDE, a oficial de projetos do Fundo Global para o Desenvolvimento de Cidades ( FMDV- Global Fund for Cities Development), Libertad Sobrado, acompanhou o evento, com o objetivo de expor a atuação da organização em projetos de financiamento para os municípios. O Fundo é a organização responsável pela Secretaria da Aliança de Bancos Subnacionais de Desenvolvimento da América Latina e Caribe (Alianza de Desarrollo), entidade que o BRDE integra.


Logo BRDE