BRDE

  • Contato

SALA DE IMPRENSA

BRDE e Cresol assinam contratos da linha SC Mais Renda, em Cordilheira Alta

Data22/03/22
|CategoriaNotícias

No total, R$ 100 mil serão aplicados em empreendimentos de Microempreendedores Individuais

Claudete Dalarosa Schmitz e Evandro Schimitz é um casal empreendedor. Eles inauguraram uma choperia há quatro meses e um salão de beleza há um ano. Mas esses negócios do casal terão mais um impulso, já que eles assinaram nesta semana o contrato da linha de crédito SC Mais Renda MEI, programa do Governo do Estado de Santa Catarina, operacionalizado pelo Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), em parceria com cooperativas de crédito do estado. Outros nove contratos foram assinados durante o ato realizado na Cresol, em Cordilheira Alta, totalizando R$ 100 mil.

“Não tem juro, tem seis meses de carência, então vai ser uma boa ajuda. Se fosse outra linha poderia pesar, pois estamos investindo bastante”, comemorou Claudete. O esposo, também fabrica móveis rústicos que utilizou na choperia, vende por encomendas e, inclusive, irá expor na ExpoCordi que ocorrerá de 30 de março à três de abril.

De acordo com o vice-presidente e diretor de Acompanhamento e Recuperação de Créditos do BRDE, Marcelo Haendchen Dutra, o programa para micro e pequenas empresas funcionou até 31 de dezembro de 2021 e agora está na fase de repasse dos recursos. Até o momento já foram encaminhados através das cooperativas de crédito, R$ 42 milhões, que irão beneficiar 4,5 mil MEIs em toda Santa Catarina. “Não somente garantir o funcionamento dessas atividades, mas acreditamos que estes recursos servirão como impulso para as boas ideias e a vontade de crescer desses empreendedores. Tudo isso retorna à sociedade com o desenvolvimento econômico e social do nosso estado”, afirmou.

A Cresol Central Brasil operacionalizou a linha SC Mais Renda via convênio com o BRDE, onde já foram liberados R$ 22 milhões para o SC Empresarial e R$ 7 milhões para MEI. “O SC Mais Renda foi criado para dar apoio às empresas durante a pandemia e para que continuassem suas atividades. Graças a este programa, garantimos no total, o aporte de R$ 227 milhões na economia do Estado, beneficiando aproximadamente 2,7 mil empresas, o que manteve milhares de empregos e a economia girando”, explica o diretor financeiro do BRDE, Eduardo Pinho Moreira.

Parceria BRDE e Cresol

A parceria com a Cresol, amplia os horizontes do BRDE e dá o apoio necessário para fazer com que os recursos disponibilizados pelo banco cheguem a milhares de microempreendedores individuais. “Nisso reside a importância de nossos parceiros operacionais, no caso as cooperativas de crédito como a Cresol, que tem milhares de associados, micro e pequenas empresas, empreendedores individuais e conseguimos fazer os repasses através da Cresol para que os recursos também cheguem aos pequenos empreendedores e não apenas nas grandes empresas”, explicou o gerente regional do Oeste Catarinense do BRDE, Paulo Cesar Antoniollo.


Logo BRDE