Diretor de Operações do BRDE participa da 48ª Assembleia da Alide, no Peru - BRDE - Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul

NOTÍCIAS BRDE

Diretor de Operações do BRDE participa da 48ª Assembleia da Alide, no Peru

Por: Imprensa BRDE

O diretor de Operações, João Regiani, representou o BRDE na 48ª Reunião Ordinária da Assembleia Geral da Associação das Instituições Financeiras de Desenvolvimento da América Latina e Caribe – Alide, que ocorreu em Lima, no Peru, de 29 de maio a primeiro de junho. Os trabalhos se desenvolveram sobre três aspectos relacionados: inteligência artificial e o salto na inovação tecnológica para promover a transformação dos negócios e economias latino-americanas, incentivando a incorporação de novas tecnologias disruptivas; fortalecimento da resiliência das cidades e áreas rurais diante dos eventos extremos causados pela ação da natureza; e a inclusão e integração financeira que inclui pessoas, mas também setores, projetos, novos produtos e territórios.

Sobre o tema central da reunião – Bancos de Desenvolvimento, Desafios do Presente e Desafios do Futuro -, Regiani comentou que o objetivo final das políticas públicas é melhorar o bem-estar das pessoas, fornecer as condições e oportunidades para traduzirem suas ideias, desenvolverem empreendimentos, morarem em cidades ou territórios seguros. Visam oferecer infraestrutura e serviços básicos, acesso à educação e empregos de qualidade, entre outros aspectos de importância vital para o desenvolvimento de uma sociedade, complementou. Em conversa com CEO da Agência Francesa de Desenvolvimento – AFD, Rémy Rioux, que atuava em painel, o diretor de Operações relatou que a diretoria do BRDE já aprovou as primeiras operações com base no contrato entre as duas instituições que destinou € 50 milhões para apoiar projetos com impacto positivo sobre o ambiente e o clima na Região Sul do Brasil. Esses processos estão em fase de liberação dos recursos aos empreendedores. No dia 29 de maio, também em Lima, o diretor de Operações do BRDE, João Regiani, havia participado de atividade promovidas pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID. No workshop “Green & Sustainable Bonds”, Regiani pode analisar aspectos do mercado de “green bonds” para o financiamento de projetos aderentes aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, operação que o BRDE estuda promover.



VOLTAR