BRDE

  • Contato

SALA DE IMPRENSA

Impacto de políticas públicas com base em evidências é tema de webinar

Data22/04/21
|CategoriaNotícias

Poucas vezes com tamanho destaque como agora, diante do desafio global de enfrentamento da pandemia da Covid-19, o uso da pesquisa científica na definição das políticas públicas esteve em debate, nesta quinta-feira (22/4), em evento organizado por um grupo de instituições responsáveis pelo Prêmio Evidência e pelo Troféu IMDS – Mobilidade Social. As duas distinções são iniciativas do Centro de Aprendizagem em Avaliação e Resultados para o Brasil e a África Lusófona (FGV EESP Clear), o Instituto Mobilidade e Desenvolvimento Social (Imds) e a Escola Nacional de Administração Pública (Enap), com o objetivo de destacar ações governamentais aplicadas no Brasil e que se valeram de evidências cientificamente fundamentadas, cujos vencedores serão conhecidos no final deste ano.

A diretora-presidente do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), Leany Lemos, foi uma das painelistas convidadas do webinar com foco no desenvolvimento de políticas a partir do uso de evidências e da prática de monitoramento e avaliação na gestão pública, com destaque para o envolvimento da sociedade civil, por meio das organizações do terceiro setor. Como ex-secretária de Planejamento do Rio Grande do Sul, ela coordenou o Comitê de Dados no enfrentamento da pandemia e atuou diretamente na elaboração do modelo de Distanciamento Controlado, que buscou compatibilizar a estrutura de atendimento de saúde com a atividade econômica.

“Parece fácil efetivar uma política pública baseada em dados, mas na prática se enfrenta uma série de desafios enormes”, observou Leany Lemos. Para ela, o caminho mais indicado na hora de implementar uma política precisa reunir rapidez, efetividade e relevância para a comunidade, “com métricas para medir efeitos diretos e indiretos”. Após um breve relato sobre a experiência da crise financeira que enfrentou no Distrito Federal como secretária de Planejamento, a presidente do BRDE abordou o modelo inédito implementado no RS no combate à pandemia. “Além de produzir uma série de estudos para embasar as decisões do governo, através do Gabinete de Crise, um dos grandes desafios foi comunicar e dar transparência aos dados e às decisões”, acrescentou.

“Posso dizer que, como experiência pessoal, 90% das políticas públicas com base em evidências se mostraram acertadas”, observou Leany Lemos. Com o objetivo de ampliar o debate sobre e contribuir na divulgação do Troféu Evidência, o evento contou também com a participação da secretária de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo, Patricia Ellen, e do gerente-geral do Instituto Votorantim, Rafael Gioielli. O webinar teve a mediação do diretor do Vetor Brasil, Marco Camargo e foi realizado em parceria com o Grupo de Institutos Fundações e Empresas (Gife).

Maiores informações sobre as duas premiações estão disponíveis no site: https://eventos.fgv.br/premioevidencia


Logo BRDE