BRDE

  • Contato

SALA DE IMPRENSA

Aberto edital de produção audiovisual com recursos do FSA e Fundo da Cultura de Curitiba

Data28/07/17
|CategoriaNotícias

A Agência Nacional de Cinema (Ancine) e a Prefeitura de Curitiba lançaram nesta semana o edital Produção Audiovisual FCC/FSA 2017, que prevê investimentos de R$ 2,7 milhões em projetos da área. Do valor total, R$ 1,2 milhão será liberado pelo Fundo Municipal da Cultura de Curitiba e R$ 1,5 milhão virá do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA).
O FSA é operacionalizado em todo o país pelo Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), a partir de equipes organizadas em Curitiba e Porto Alegre. Nos próximos cinco anos, o Banco repassará mais R$ 5 bilhões ao setor audiovisual brasileiro.
O gerente adjunto de Operações da Agência Paraná do BRDE, Tiago Pesch, acompanhou o lançamento do edital e falou da evolução da atuação do Banco no FSA. “Em 2013, foram 66 contratos, no valor de R$ 68,2 milhões. Em 2016, o número de contratos saltou para 580 e o valor repassado chegou a R$ 343,8 milhões”.
Os recursos do edital FCC/FSA 2017 são destinados à produção de curtas metragens de ficção e de animação, telefilmes de animação, ficção e documentários, distribuição de filmes e realização de dois festivais de cinema em Curitiba. Os interessados podem fazer as inscrições até às 12h do dia 25 de setembro de 2017, pelo site www.sic.cultura.pr.gov.br.
“O edital vai incentivar a indústria do cinema e apoiar o setor de audiovisual da cidade”, disse o prefeito de Curitiba, Rafael Greca, no lançamento do edital. “É um momento muito importante para uma indústria que trabalha forte e gera emprego e desenvolvimento, que é a indústria do audiovisual”, afirmou o presidente da FCC, Marcelo Cattani.
SAIBA MAIS SOBRE O FSA
O FSA é um fundo destinado ao desenvolvimento articulado de toda a cadeia produtiva da atividade audiovisual no Brasil. Criado pela Lei Federal nº 11.437, de 28 de dezembro de 2006, e regulamentado pelo Decreto nº 6.299, de 12 de dezembro de 2007, o FSA é uma categoria de programação específica do Fundo Nacional de Cultura (FNC).
O FSA contempla atividades associadas aos diversos segmentos da cadeia produtiva do setor – produção, distribuição/comercialização, exibição, e infraestrutura de serviços – mediante a utilização de diferentes instrumentos financeiros, tais como investimentos, financiamentos, operações de apoio e de equalização de encargos financeiros.
O FSA possui programas direcionados a todos os segmentos da indústria audiovisual, que se constituem em diversas linhas de ação, inauguradas em 2008 e ampliadas em 2013, ancoradas no Regulamento Geral do PRODAV, aprovado pelo Comitê Gestor do FSA. Dentre os programas do Fundo Setorial do Audiovisual, destacam-se:
•PRODECINE – Programa de Apoio do Desenvolvimento do Cinema Brasileiro;
•PRODAV – Programa de Apoio do Desenvolvimento do Audiovisual Brasileiro;
•PROINFRA – Programa de Apoio ao Desenvolvimento da Infraestrutura.


Logo BRDE