BRDE

A arte inspirada na cultura, nos hábitos e nos costumes indígenas atraiu grande público para a abertura da exposição “Ancestrais” do artista Rica de Lucca, aka Alma 73, realizada na última terça-feira, no Espaço Cultural BRDE. Cerca de 40 pessoas estiveram presentes na abertura. O artista, conhecido pelas suas obras em graffiti, transpõe para 15 telas expostas no Espaço Cultural os elementos primitivos, retratos, referências e particularidades da cultura indígena presentes nos costumes dos povos ancestrais de muitas regiões. As obras de Rica retratam as marcas deixadas pelos povos indígenas propondo uma reflexão sobre nossas origens. “Somos o que fomos”. A exposição traz ainda reproduções dos quadros em produtos como canecas, camisas e imãs.
A exposição pode ser visitada gratuitamente até o dia 27 de abril entre 9h e 19h, de segunda a sexta-feira, no térreo da Agência do BRDE de Santa Catarina, no Centro de Florianópolis

A cooperativa catarinense Coper A1 inaugura, no próximo dia 12 de abril, sua unidade de armazenamento de grãos em Vista Gaúcha/RS. A 11ª unidade de recebimento de cereais da cooperativa tem capacidade estática para 185.904 sacas de grãos e área total construída de 1.585,55 m² e foi financiada pelo BRDE. A implantação da nova unidade é uma grande conquista para os associados, comunidade e para a cooperativa.
O financiamento do BRDE para a construção da unidade foi de  R$ 12.531.695,00. O Banco será representando pelo analista André Diehl durante a cerimônia de inauguração.

O Gerente Regional do BRDE para a região Oeste Paulo Antoniollo realizou palestra no evento da AMIBAQ, que ocorreu no último dia 28/03 em Chapecó. Paulo apresentou as linhas de financiamento de inovação do programa BNDES MPME Inovadora e FINEP Inovacred, dentro das novas políticas operacionais do BNDES. Cerca de 55 pessoas compareceram ao evento, entre os convidados estavam presentes dois técnicos do IEL/FIESC que ratificaram a liderança do BRDE no financiamento à inovação em SC. O BRDE é patrocinador do evento que será realizado também em Blumenau no dia 6 de abril e em Criciúma no dia 10.

O Gerente de Planejamento do BRDE, Felipe Castro do Couto, participou nesta segunda-feira (27.03), do Webinar “Como conseguir dinheiro para financiar um negócio” a convite do SEBRAE-SC. No bate-papo ao vivo para empresários convidados de Santa Catarina, Felipe falou sobre crédito e ressaltou a importância de estudar as necessidades da empresa e quais as linhas de crédito ideais para cada caso. Abordando três tópicos, avaliar, pesquisar e analisar, o SEBRAE procura desmistificar a captação de recursos externos reunindo as melhores opções na hora de buscar recursos para empresas.

A 1ª edição da Design Business Fair vai reunir indústrias de todos os setores em 5 dias de feira. Na abertura, dia 3 de maio, o Gerente de Planejamento do BRDE, Felipe Castro do Couto explica aos expositores as principais linhas de financiamento que o BRDE oferece às empresas inovadoras. A feira espera cerca de 45 expositores de variados setores industriais, muitos desses que buscam meios para investir em seus projetos. O evento terá venda direta dos produtos ao consumidor e leva o patrocínio do BRDE – Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul.

Marcio Muxfeldt, da Hextor Sistemas, foi o vencedor do prêmio Empresário Destaque em Tecnologia 2016, em cerimônia realizada na última quinta-feira (23.03) em Chapecó. O evento é promovido pela Associação Polo Tecnológico do Oeste Catarinense (Deatec) e tem o BRDE como patrocinador. A Hextor Sistemas também conta com a parceria do BRDE desde 2014, através da operação de financiamento BNDES MPME Inovadora. A empresa é dona do Raffinato, sistema destinado ao setor de Gastronomia e Entretenimento, que também patrocina ações de erradicação da poliomielite e Hepatite C. A premiação tem o objetivo de elevar o reconhecimento e desenvolvimento da classe empresarial, cativando novos empreendedores a inovar. No evento, Marcio Muxfeldt destacou o orgulho de levar a marca chapecoense para todo o Brasil e o importante papel da Deatec no avanço da tecnologia na região.

O BRDE foi um dos convidados para o evento de lançamento do Plano de Desenvolvimento de santa Catarina 2030, apresentado pela Secretaria de Planejamento do Estado nesta quarta-feira. O objetivo do plano é definir os rumos do desenvolvimento do estado para os próximos anos e o papel do governo e suas instituições nesse cenário, com apoio da sociedade.

O secretário de Planejamento Murilo Flores destacou a importância de o Estado ter uma visão de futuro. “Percebemos ao longo do governo Colombo que em alguns setores e regiões os investimentos necessários para o desenvolvimento socioeconômico estavam muito claros e em outros nem tanto. Temos percebido o crescimento das desigualdades regionais. Hoje temos 12 regionais e 84 municípios muito defasadas em relação às demais. Hoje começamos a debater o plano, num primeiro passo para definir que futuro queremos”, explicou.
O professor Silvio Cario, da UFSC, explicou que o papel da universidade na construção do plano será reunir o conhecimento técnico e acadêmico da UFSC e do governo em prol de um desenho de futuro para SC. Ele ainda explicou a metodologia de construção do Plano, que vai acontecer ao longo de 2017, com participação ativa dos diversos órgãos de governo e da sociedade civil. Para o diretor de Acompanhamento e Recuperação de Créditos do BRDE Neuto Fausto de Conto, a estratégia é acertada. “Com certeza com este debate entre academia, governo e sociedade, vamos conseguir encontrar soluções para as desigualdades regionais do Estado e contribuir para um desenvolvimento mais homogêneo de todas as regiões”, declarou.
Para o Diretor Financeiro Renato de Mello Vianna, o BRDE pode contribuir com o debate e com estratégias para colocar Santa Catarina no protagonismo nacional. “Como agente de fomento, conseguimos identificar necessidades de investimento e potenciais em todas as regiões. Com certeza temos muito a contribuir”, afirmou.

O Espaço Cultural BRDE Governador Celso Ramos sediou ontem (06/03) a abertura da exposição “Mesmo Olhar Sobre Diferentes Lugares”, do artista Fabiano RK de Melo. A mostra reúne 15 obras, entre óleos sobre telas e aquarelas sobre papel. Fazem parte da exposição as obras “Nos fios da catedral” e “Em uma esquina da rua Prudente de Moraes” pelas quais o artista recebeu menção honrosa na premiação dos 250 anos da cidade de Lages em 2016. Para o artista, a oportunidade de ter uma exposição no Espaço Cultural, principalmente para um artista emergente em início de carreira, representa um grande passo na carreira. Além disso, a exposição permite identificar a unidade das obras. “As obras desta exposição foram sendo produzidas ao acaso, no decorrer de alguns anos. Independentes, parecem apenas pinturas de paisagens ou cenários urbanos, mas juntas tornam-se quase slides em um retroprojetor, como em uma historinha cotidiana, uma lembrança”, conta o artista.
A exposição fica aberta ao público até o dia 30/03 das 9h às 19h de segunda a sexta e a visitação é gratuita.

Entre os dias 21 e 23 de fevereiro, o BRDE participou do Dia de Campo Copercampos, que está em sua 22ª edição este ano. Cerca de 11 mil pessoas visitaram o local nos 3 dias de evento. Expositores de insumos agropecuários e serviços apresentaram novidades para os cooperados da Copercampos, que também participaram de treinamentos. O BRDE e a conveniada SICOOB Credicampos montaram um estande conjunto para atendimento aos cooperados e visitantes. O analista de projetos André Diehl, que participou do evento, explica que a presença do Banco foi muito positiva. A expectativa é de que sejam encaminhados cerca de R$ 30 milhões de reais em projetos de financiamento na região.

Segundo ele, serão solicitados R$ 7 milhões em financiamento ao BRDE para a ampliação de parques fabris e armazenamento, além de um pedido de mais R$10 milhões para capital de giro. A Coperacel, cooperativa  que atua na comercialização de defensivos agrícolas e fertilizantes químicos, grãos e sementes, solicitou R$ 1,4 milhão para a ampliação de armazenamento de sementes, além de mais R$ 1,8 milhão para capital de giro. André Diehl também ressaltou o grande número de visitas ao estande e o interesse do público em conhecer melhor as possibilidades de financiamento do Banco.
O evento, que é referência no agronegócio brasileiro, levou aos visitantes uma visão da evolução da agricultura no estado promovendo um encontro para os produtores e empresários situados na área.

O BRDE assinou ontem (2/3), um protocolo de intenções com a Associação Catarinense de Supermercados (Acats) e a Engie Solar em evento de lançamento do projeto Supermercados Solares. Por meio do acordo, o Banco formaliza a intenção de firmar um convênio com as duas organizações para financiar a compra de equipamentos e sistemas para a instalação de geradores fotovoltaicos nos supermercados catarinenses.
O projeto visa a redução de custos operacionais dos supermercadistas, já que a energia elétrica representa o segundo maior gasto do setor. Além disso, mostra a preocupação com a sustentabilidade, já que a energia solar é renovável. A agência do BRDE em Santa Catarina tem tradição no crédito de longo prazo ao setor, mas os projetos financiados, em sua maioria, eram para a implantação de novas lojas. O superintendente da agência catarinense do BRDE, Nelson Ronnie dos Santos, explica que, com a formalização do convênio, os supermercadistas terão acesso a condições especiais de tramitação dos projetos, com mais agilidade. “Além disso, dependendo do porte da empresa, poderão financiar 100% do projeto, com até 20 anos para pagar”, informa.
As linhas de financiamento são repasses do BNDES, como Finame e BNDES Automático e o percentual do projeto que poderá ser financiado vai depender do faturamento da empresa ou grupo empresarial. “Pequenas e médias empresas, que faturam até R$ 300 milhões no ano – contam com condições mais vantajosas na nova política de desenvolvimento do BNDES”, explica Ronnie.
O diretor de Operações da Engie Solar Rodrigo Kimura explica que um dos objetivos da parceria é a viabilização da aquisição e instalação dos painéis de forma coletiva. “Teremos descontos progressivos, que podem chegar a 20% conforme a adesão dos supermercadistas”, explica.
O  presidente da ACATS, Paulo Cesar Lopes, destaca que os supermercadistas estão cada vez mais preocupados com a sustentabilidade e com a eficiência operacional das lojas. O projeto Supermercados Solares vai contribuir com o aumento da rentabilidade e complementa um projeto de Eficiência Energética da entidade.
Para Eduardo Sattamini, presidente Engie Brasil, a ACATS é a primeira associação a pensar de forma coordenada para resolver o problema de energia. “Com certeza é um modelo que poderá ser replicado em outras entidades por todo o Brasil”, afirma.
O CEO da Engie Solar Rodolfo Sousa Pinto, avalia que a energia solar é uma solução muito atrativa para os supermercados.”São empresas que sofrem cada vez mais com os altos custos da eletricidade e que, ao mesmo tempo, possuem áreas muito boas para a instalação de painéis fotovoltaicos”, explica. “A questão da sustentabilidade também é muito importante para os supermercados, que vêm na possibilidade de gerar a própria energia renovável e limpa uma forma de mostrar preocupação com o meio ambiente”, destaca.
O evento de lançamento do projeto Supermercados Solares aconteceu na sede da Engie Brasil, em Florianópolis, em reuniu mais 90 pessoas no auditório da empresa. O protocolo de intenções foi assinado pelo Superintendente da agência do BRDE em SC, Nelson Ronnie dos Santos, pelo CEO da Engie Solar Rodolfo Sousa Pinto e pelo presidente da Engie Brasil, Eduardo Sattamini e pelo presidente da ACATS, Paulo Cesar Lopes.
O BRDE foi representado no evento também pelo gerente de operações Marcone Souza Melo, pela gerente adjunta de operações conveniadas, Silvia Monteiro, e pelo gerente de planejamento Felipe Castro do Couto.