BRDE

O Governo do Estado reúne nesta quinta e sexta-feira (31 e 01), em Foz do Iguaçu, na região Oeste, prefeitos, vereadores, secretários, técnicos das administrações municipais e lideranças para o encontro de capacitação Governo 5.0.

O evento no Hotel Rafain Palace & Convention busca discutir mudanças na administração pública, dentro do conceito “Novo Pensar. Novo Fazer”, programa que orienta a prática inovadora nos serviços públicos para que o Estado seja mais eficiente na entrega de resultados à população.

“É um novo conceito de gestão. Pensar diferente para fazer diferente. Queremos um Estado mais tecnológico, mais seguro e eficiente, e menos burocrático”, destacou o governador Carlos Massa Ratinho Junior. “Esse encontro é fundamental para transmitir essa nova visão, espalhando a nova forma de pensar por todos os municípios do Paraná”, completou.

PALESTRAS – O encontro Governo 5.0 é uma parceria entre o Executivo Estadual, a Associação dos Municípios do Paraná (AMP) e a Assembleia Legislativa. No primeiro dia, além da abertura oficial, a partir das 9 horas, comandada pelo governador Ratinho Junior, haverá palestras com diversos secretários de Estado. Eles farão balanço das ações das pastas nesses primeiros dez meses de governo.

Também haverá palestra com o economista Paulo Rabello de Castro, ex-presidente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

O evento segue na sexta-feira (01), novamente com apresentações de secretários e diretores de autarquias. Historiador e professor da Universidade de Campinas (Unicamp), Lenadro Karnal encerrará a conferência. “Precisamos de mais sinergia e diretriz em busca de uma linha para o Paraná do futuro”, afirma Guto Silva, chefe da Casa Civil do Governo do Estado.

WORKSHOPS – Será realizada, também, uma extensa programação de workshops paralelamente às exposições. Iluminação pública, uso do gás para o desenvolvimento econômico do Paraná, cidades inteligentes, captação de recursos e capacitação de vereadores serão alguns dos temas abordados.

APOIO – Todas as secretarias de Estado, autarquias e empresas públicas como Copel, Sanepar e Compagás, terão estandes de apoio aos participantes durante o evento, agilizando a interlocução entre Estado e municípios.

O encontro tem o patrocínio da Itaipu Binacional, Copel, Sanepar, BRDE, Fomento Paraná, Portos do Paraná, Compagas e Celepar.

Fonte: AEN

Nos dias 23 e 24 de outubro, o governo do estado teve sua sede instalada em Ponta Grossa. O governador Carlos Massa Ratinho Junior assinou o decreto que modifica provisoriamente a sede do governo estadual para o munícipio situado nos campos gerais. A mudança temporária de sede tem como objetivo fortificar o contato do governo estadual com o interior, como declara o governador, “queremos estar mais próximos, prestigiar a região e mobilizar a nossa equipe para tomar decisões e resolver os problemas. Agiliza muito todo o processo”.
O diretor de operações do BRDE, Wilson Bley Lipski, esteve presente na solenidade e assinou três contratos de crédito com empresas da região.
A Agrocete Indústria de Fertilizantes, instituição que investe continuamente na tecnologia de seus produtos, com o principal propósito de atingir o máximo de produtividade nas culturas, teve crédito aprovado no valor de R$ 2.450.000,00 por meio da linha de Inovação FINEP Inovacred. Este recurso será utilizado para o desenvolvimento e implantação de uma unidade de tratamento de efluentes industriais, utilizando um conjunto de sistemas biológicos e físico químicos sequenciais, não encontrado atualmente no mercado. Após o processo, o efluente industrial será utilizado para lavagem de pisos, máquinas e equipamentos, não havendo descarte no meio ambiente.
Para a RDK, empresa atuante na produção de vasos para o plantio de plantas a partir da reciclagem de resíduos (principalmente do polietileno de alta densidade), o BRDE forneceu crédito no valor de R$ 1.197.600,00 para a instalação de uma unidade geradora de energia fotovoltaica que será capaz de gerar 40% de toda necessidade utilizada pela indústria. Este projeto é apoiado pelo FINAME e pelo Fundo Clima do BNDES.
O contrato de crédito com a Charles Danielli Transporte, empresa que atua no segmento de cargas fracionadas, foi no valor de R$ 500.000,00. Este recurso será utilizado para construção de uma sede própria.
“A presença do governo e de todo secretariado em Ponta Grossa demonstra a relevância da região para o desenvolvimento do Estado. É importante reconhecer que os campos gerais estão se mostrando muito dinâmicos, com um ritmo de crescimento muito acima da média e é fundamental que os recursos disponíveis pelo governo estejam conectados a este cenário”, disse Lipski.

Serviço
O BRDE ainda tem recursos à disposição para financiar novos projetos.
Interessados podem entrar em contato por meio do telefone (41) 3219-8150,
pelo e-mail brde@brde.com.br.
Acesse o site para maiores informações: https://www.brde.com.br/

 

O Espaço Cultural BRDE – Palacete dos Leões recebe durante essa semana os alunos da Escola Municipal Professor Brandão como parte do programa municipal “Linhas do Conhecimento”.
A partir de três pilares fundamentais: conhecer, amar e cuidar da cidade de Curitiba – o programa tem o objetivo de fortalecer a identidade cidadã e a consciência urbana de professores e alunos da rede municipal de ensino.
A visita a espaços culturais, como o Palacete dos Leões, promove a ampliação do repertório cultural desses estudantes e docentes, além de enriquecer a prática pedagógica e o processo de aprendizagem. “O programa Linhas do Conhecimento tem a nossa Cidade Educadora como sala de aula. A aula de campo foi muito significativa para os nossos estudantes, pois o Palacete dos Leões preserva a história de Curitiba. Agradecemos a Rafaela, Flávia e Jonatan pela valorosa experiência”, declarou a professora Paula Viergas, representante do projeto.
Em 2019, quatro turmas foram contempladas com a visita mediada ao Espaço Cultural BRDE – Paraná. A intenção, para ao próximo ano, é de receber ainda mais alunos e professores atendidos pelo Linhas do Conhecimento, reforçando a importância do Palacete dos Leões para a história do Paraná.

Foto: Divulgação/SME

Acordo de cooperação técnica pretende dinamizar a integração do biogás à produção agropecuária da região Sul do Brasil. Parceria prevê financiamento da produção de biogás com fins energéticos e criação de novas ferramentas de avaliação de planos de negócios voltados ao setor.
O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) e a Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (UNIDO) assinaram nesta quarta-feira (23/10), na sede do banco em Curitiba (PR), um acordo de cooperação técnica que pretende facilitar o acesso de produtores agroindustriais do Sul do Brasil a serviços de crédito voltados ao financiamento da produção de biogás e biometano no setor agropecuário.
Pelo acordo, o BRDE se compromete a apoiar a UNIDO na criação de instrumentos que facilitarão o acesso a serviços financeiros por parte de produtores e fornecedores ligados à cadeia produtiva e tecnológica do biogás. A parceria também inclui a construção de ferramentas de suporte à elaboração e à avaliação de modelos e planos de negócios específicos para o setor.
O Representante da UNIDO para o Brasil e a Venezuela, Alessandro Amadio, o Diretor Presidente do BRDE, Marcelo Haendchen Dutra, e o Diretor de Operações do banco, Wilson Bley Lipski, estiveram presentes durante a assinatura do acordo.
A parceria faz parte das ações do projeto GEF Biogás Brasil (“Aplicações do Biogás na Agroindústria Brasileira”), implementado pela UNIDO em conjunto com o governo federal, instituições privadas, universidades e entidades setoriais. O objetivo do projeto e do acordo de cooperação técnica é estimular a utilização do biogás como fonte energética sustentável, reduzindo a dependência nacional em relação a combustíveis fósseis, estimulando a competitividade do setor agroindustrial brasileiro e diminuindo a emissão de gases de efeito estufa na atmosfera.
“O projeto é voltado para o fortalecimento da cadeia de valor do biogás. A ideia principal é construir uma estrutura mais complexa que permita o desenvolvimento de modelos de negócio mais interessantes para o setor. E esse tipo de estratégia exige investimentos mais altos. Por isso, a parceria com um banco capaz de fornecer esse tipo de investimento é essencial”, diz Alessandro Amadio, representante da UNIDO.
“Temos no Paraná uma ‘malha’ de atores que oferecem operações e linhas de crédito. O Sistema Paranaense de Fomento opera com a parceria do BRDE, da Fomento Paraná, da Invest Paraná, e do Sebrae/PR. Há uma sinergia para operacionalizar resultados que cheguem com mais eficiência à população”, diz Wilson Bley Lipski.
A ação conjunta envolvendo o BRDE, a UNIDO e os atores institucionais e governamentais envolvidos no projeto pretende identificar e avaliar as principais oportunidades de valorização do biogás a partir do agronegócio regional, além da captação de recursos externos para o financiamento da geração sustentável de energia e combustível.
O projeto GEF Biogás Brasil é financiado pelo Fundo Global para o Meio Ambiente (Global Environment Facility, em inglês), implementado pela UNIDO e liderado no Brasil pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). A iniciativa conta com quase oito milhões de dólares em recursos diretos, além de parceiros governamentais, privados, setoriais e acadêmicos.
O BRDE é uma instituição financeira pública voltada para estímulo ao desenvolvimento regional, ligada aos estados do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina e do Paraná. A parceria entre o BRDE e a UNIDO faz parte do programa “BRDE PSC – Produção e Consumo Sustentáveis”, uma iniciativa do banco que tem como objetivo financiar projetos que ajudem na redução da emissão de gases de efeito estufa.

 

Na última terça-feira (15), o município de Campina Grande do Sul firmou com o BRDE o Termo de Ratificação de Contrato de Financiamento no valor de R$ 4,4 milhões para obras de pavimentação e serviços complementares em diversas vias da cidade. A ação integra o programa Avançar Cidades, do BRDE, que é agente financeiro da operação, e é lastreado nos recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).
Até setembro desse ano, o BRDE realizou contratações no valor de R$ 1,59 bilhão e liberações que totalizaram R$ 1,53 bilhão. Esses valores representam, respectivamente, 66% e 79% do projetado para o ano de 2019.
O ato realizado no Palácio Iguaçu foi conduzido pelo governador do estado, Carlos Massa Ratinho Júnior, e contou com a participação dos diretores do BRDE, Wilson Bley Lipski e Luiz Carlos Borges da Silveira, do secretário de Desenvolvimento Urbano, João Carlos Ortega, do prefeito de Campina Grande do Sul, Bihl Zanetti, e do deputado estadual Alexandre Curi.

O Governo do Estado reuniu nesta segunda-feira (14), no Teatro Guaíra, em Curitiba, cerca de 2 mil funcionários que atuam em áreas estratégicas, em todas as secretarias e regiões do Paraná, para uma reunião de trabalho onde todos os órgãos puderam apresentar um balanço de atividades, além de conhecer projetos que ainda serão realizados e diretrizes de gestão.

O encontro de capacitação Governo 5.0 abriu espaço para a discussão de mudanças na administração pública e para o lançamento do conceito “Novo Pensar. Novo Fazer”, um programa que vai orientar a prática inovadora nos serviços públicos, para que o Estado seja mais eficiente na entrega de resultados à população.

O governador Carlos Massa Ratinho Junior afirmou que a equipe de governo tem compromisso com a inovação e em criar soluções mais práticas para as políticas públicas. “É um novo conceito de gestão. Pensar diferente para fazer diferente. Planejamos um Estado mais tecnológico, mais seguro e eficiente, e menos burocrático. Esse encontro foi fundamental para transmitir essa visão”, frisou.

Para Ratinho Junior, a máquina pública brasileira ainda tem características do século passado e é preciso trazer todas as estruturas para o século 21. Segundo ele, o principal propósito do Estado tem que ser o de melhorar a vida das pessoas, e que é preciso quebrar paradigmas para deixar um legado de bons serviços à sociedade.

Ao fazer um balanço positivo dos primeiros meses de governo, Ratinho Junior destacou o tripé que orienta o planejamento da atual administração para alavancar o desenvolvimento socioeconômico do Paraná: gestão pública eficiente, investimentos em infraestrutura e olhar social.

“Trouxemos a equipe para apresentar aquilo que temos feito e também uma visão do caminho que temos que seguir. Tudo isso tem que acontecer integrado”, afirmou. “É o início de um novo ciclo virtuoso de produção e progresso”, pontuou o governador, ressaltando que o Estado deve estar ao lado do empreendedor para que o Paraná crie novas oportunidades de emprego e renda.

REESTRUTURAÇÃO – Guto Silva, Chefe da Casa Civil, reforçou a determinação do governador de criar um ambiente de crescimento de médio e longo prazo para o Estado. Ele citou a reestruturação da máquina a partir das reformas administrativas, as economias de gestão e a necessidade de melhorar o atendimento e a transparência em todos os órgãos.

“Nós recebemos o Estado com uma estrutura administrativa ultrapassada. Precisando de mais sinergia e diretrizes. Hoje, existe uma linha para o Paraná do futuro. Temos reformas em curso, medidas administrativas já executadas e planejamento para atrair mais empregos, melhorar a infraestrutura e conectar as políticas públicas. Essa é a nossa filosofia, ter lógica e políticas transversais”, comentou.

Para o vice-governador Darci Piana, a reunião com servidores que atuam em diversas áreas do Estado cumpriu com o propósito de ter um alinhamento de informações dentro do governo. Para ele, é importante todos estarem em sintonia com o que cada secretaria ou empresa pública está fazendo. “É uma prática comum no mundo corporativo e também deve estar presente no setor público”.

APRESENTAÇÕES – Ao longo do dia de trabalho aconteceram apresentações dos secretários da Casa Civil, Desenvolvimento Sustentável e Turismo, Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas, Educação e Esporte, Agricultura e Abastecimento, Infraestrutura e Logística, Comunicação Social e Cultura, Saúde, Segurança Pública, Planejamento e Projetos Estruturantes, Justiça, Família e Trabalho e da Administração e da Previdência.

Também fizeram apresentações a Controladoria Geral do Estado e dirigentes da Sanepar, Copel e Agência Paraná de Desenvolvimento (Invest Paraná). Duas palestras fecharam a programação. O professor Neri dos Santos, diretor do Instituto Stela, falou sobre a inovação e a tecnologia a favor do servidor e o historiador Leandro Karnal destacou o protagonismo do funcionalismo público.

Fonte: AEN

Na abertura da Semana Paraná Inovador, na última terça-feira (15), no Palácio Iguaçu em Curitiba, o governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Junior entregou 18 certificados de credenciamento provisório para Parques Tecnológicos do estado.

A criação desses certificados teve como propósito a produção de ecossistemas mais aprimorados, com o objetivo de compartilhar o conhecimento, equipamentos e recursos em instituições de pesquisa, incubadoras e empresas. A partir dessa certificação, essas instituições terão acesso ao sistema paranaense de financiamento, ofertados pelo BRDE e Fomento Paraná.

Segundo Wilson Bley Lipski, diretor de operações do BRDE, a iniciativa é importante porque “o Paraná tem uma das maiores capilaridades acadêmicas, e isso precisa ser um ativo de desenvolvimento regional. Esse ecossistema apoiado com recursos a baixo custo irá capacitar melhor as pessoas e oferecer soluções mais práticas para as empresas”.

O apoio a esses parques tecnológicos foi feito a partir da percepção da necessidade de unir o conhecimento científico produzido nas universidades, com a administração estadual, buscando inovação e competência em soluções para variadas áreas como educação, turismo, saúde e agronegócio.

Na próxima quinta-feira (17), às 19 horas, ocorrerá em Ponta Grossa o Fórum Empresarial 2019 no auditório da Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa (ACIPG), o ciclo de palestras terá como tema “O sistema de fomento do Paraná”.

A nona edição do evento contará com as participações do diretor de operações do BRDE, Wilson Bley Lipski, do diretor da Fomento Paraná, Heraldo Alves das Neves, e do diretor-presidente da Agência Paraná Desenvolvimento (APD), José Eduardo Bekin, gestores de três grandes organizações ligadas ao setor de fomento.

Segundo Lipski, “o sistema paranaense de fomento é importante como instrumento de apoio ao desenvolvimento local e atração de novos investidores. As três instituições juntas podem propiciar maior liquidez pelos recursos oferecidos a longo prazo e reforçam o poder financeiro dos empresários, das cooperativas e dos produtores paranaenses. As prefeituras também se beneficiam ao conseguir recursos para investimentos em infraestrutura, saneamento, iluminação e saúde, garantindo a melhora do ambiente de negócios no estado.”

A entrada é gratuita e após a realização das palestras será possível realizar a discussão do desenvolvimento econômico no estado entre os presentes no evento.

Na última quarta-feira (02) aconteceu na Associação Comercial e Empresarial de Laranjeiras do Sul (ACILS) a Rodada de Negócios, promovida pelo Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) e Fomento Paraná.
Com o objetivo de desenvolver todas as regiões do Paraná, de acordo com a política de descentralização dos dois bancos, o diretor do BRDE, Wilson Bley Lipski apresentou soluções de empréstimo oferecidas pelas duas instituições ao agronegócio, inovação, indústrias, turismo, empresas, geração de energia e prefeituras. O evento contou também com a presença de Jonny Stica, assessor de mercado da Fomento Paraná, instituição financeira de desenvolvimento ligada ao estado do Paraná. Além disso, técnicos estiveram presentes para atendimento e resolução de dúvidas sobre as linhas de financiamento.
“Foi uma participação efetiva da classe empresarial. Vamos ver se isso traz uma efetividade no que foi planejado. Tudo o que apresentamos aqui vamos transformar em realidade. Esse é o nosso objetivo de ser um grande aliado dos interesses municipais e empresariais da região, disponibilizando crédito para torna-la ainda mais forte”, concluiu Lipski.

Imagens do dia a dia do Pequeno Príncipe de Curitiba, o maior hospital pediátrico do país, produzidas por fotógrafos profissionais e pacientes da instituição, podem ser conferidas no livro Observador, lançado na noite desta quinta-feira (25), no Espaço Cultural BRDE – Palacete dos Leões. O lançamento foi marcado pela abertura da exposição Observador, no mesmo espaço, com fotos dos autores do livro. A exposição ficará aberta até 10 de maio.
O livro Observador traz imagens dos fotógrafos Tetê Silva, Gustavo Gomes, Isabella Lanave, Ricardo Perini, produzidas a partir de uma imersão dos fotógrafos no Pequeno Príncipe, a fim de revelar as atividades diárias do hospital. Cada fotógrafo permaneceu e registrou as atividades da instituição por cerca de uma semana, fotografando as pessoas, as ações, o movimento, a espera, a cura e os colaboradores do hospital.
Completam a publicação fotos tiradas pelos próprios pacientes, a partir de oficinas promovidas pelos fotógrafos. Ao todo, foram 16 oficinas, ministradas por Ana Paula Lobo, dirigadas às crianças e adolescentes atendidos no hospital. As oficinas começaram em setembro de 2018, no Setor de Educação e Cultura do Pequeno Príncipe.
Nas oficinas, foram abordadas com os pacientes e seus familiares as mais diversas linguagens e técnicas fotográficas. As crianças e adolescentes em tratamento tiveram contato com o equipamento fotográfico, os diferentes usos da luz e sombra na composição de imagens, macrofotografia, retratos, fotografia de objetos e lightpainting.
Personagem – Cerca de 250 pessoas participaram do lançamento do livro no Palacete dos Leões. Uma das presenças de destaque foi a menina Juliana, 5 anos, que chamou a atenção de todos como autora da obra e modelo das fotografias. Ela ficou internada por 25 dias no Pequeno Príncipe e participou das oficinas de fotografia. Foi fotografada e fotografou outras crianças também atendidas no hospital.
SERVIÇO:
O livro Observador está disponível para venda no Hospital Pequeno Príncipe, na rua Desembargador Motta, 1070, pelo valor de R$ 20,00. A compra também pode ser feita pelo site da instituição: http://pequenoprincipe.org.br/hospital/. Contato: (41) 3310-1010.
Exposição Observador
Período de visitação: de 26 de abril a 10 de maio.
Horário: De segunda a sexta, das 12h30 às 18h30.
Entrada gratuita.
Local: Espaço Cultural BRDE – Palacete dos Leões – Avenida João Gualberto, 570, Alto da Glória.
Contato: (41) 3219-8184