BRDE

A cooperativa catarinense Coper A1 inaugura, no próximo dia 12 de abril, sua unidade de armazenamento de grãos em Vista Gaúcha/RS. A 11ª unidade de recebimento de cereais da cooperativa tem capacidade estática para 185.904 sacas de grãos e área total construída de 1.585,55 m² e foi financiada pelo BRDE. A implantação da nova unidade é uma grande conquista para os associados, comunidade e para a cooperativa.
O financiamento do BRDE para a construção da unidade foi de  R$ 12.531.695,00. O Banco será representando pelo analista André Diehl durante a cerimônia de inauguração.

Interessados em obter financiamento para o Plano Safra 2016/2017 devem se apressar. O BRDE receberá propostas até 22 de maio próximo. Para protocolar o pedido, é necessário apresentar documentos cadastrais, projetos e orçamento dos investimentos. O prazo para contratação do financiamento termina em 30 de junho. As operações serão contratadas de acordo com disponibilidade orçamentária de cada linha.
Uma das linhas disponíveis ao setor agrícola é o Inovagro, que atende produtores rurais que pretendam inserir novas tecnologias em suas propriedades. Para operações contratadas até 30 de junho deste ano, a taxa é de 8,5% a.a., com prazo total de até 10 anos, incluído aí o período de carência de até três anos.
A linha pode financiar os seguintes itens:
– implantação de sistemas para geração e distribuição de energia alternativa à eletricidade convencional, para consumo próprio, como a energia eólica, solar e de biomassa, observado que o projeto deve ser compatível com a necessidade de demanda energética da atividade produtiva instalada na propriedade rural;
– serviços de agricultura de precisão;
– automação, adequação e construção de instalações para os segmentos de avicultura, suinocultura e pecuária de leite;
– programas de computadores para gestão, monitoramento ou automação, entre outros.
Para outras informações acesse o site www.brde.com.br ou entre em contato com a Agência Paraná do BRDE pelo telefone (41) 3219-8150 ou email brdepr@brde.com.br.
Expolondrina – Até 9 de abril, o BRDE estará presente estará presente na 57.ª edição da Exposição Agropecuária e Industrial de Londrina – Expolondrina, uma das maiores feiras do setor no país, com linhas de financiamento com taxas e prazos de pagamento diferenciados para atender produtores rurais, cooperativas, pecuaristas, empresas, comércio e serviços.
São linhas de apoio a projetos de inovação no campo e nas cidades, pesquisa e desenvolvimento, modernização de propriedades rurais, destinação correta de resíduos sólidos e renovação de frota de ônibus. Os recursos serão liberados durante a feira, com a assinatura de contratos entre a Agência Paraná do BRDE e empresas de Londrina e região.

O BRDE apresentou as condições de financiamento para o setor de Centrais Geradoras Hidrelétricas (CGHs) durante 1º Workshop Nacional de CGHs, que aconteceu no final de março, em Curitiba. A apresentação foi feita pela gerente de Planejamento e Novos Negócios da Agência Paraná, Tatiana Henn.
O setor é considerado prioritário para o BRDE, que enviou ao evento colaboradores do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul para aprimorar conhecimentos e realizar contatos. O Banco está analisando 18 projetos de CGHs em toda Região Sul e Mato Grosso do Sul.
Organizado pela ABRAPCH – Associação Brasileira de Pequenas Centrais Hidrelétrica e Centrais Geradoras Hidrelétricas, o workshop teve como objetivo fomentar o debate técnico e comercial no setor de CGHs, levando em conta a aprovação da MP 735, Lei nº13/360, que aumentou a capacidade de instalação máxima das CGHs, de 3MW para 5MW.
A mudança beneficia os empreendedores, pois simplifica o processo de licenciamento ambiental, diminui o tempo de construção do empreendimento e dispensa apresentação de projeto básico na Aneel. Além disso, aumenta também a representação das CGHs na matriz energética brasileira.
Interessados em investir em infraestrutura devem entrar em contato com a Agência Paraná do BRDE pelo telefone (41) 3219-8150 ou pelo email brdepr@brde.com.br.

Financiamento à inovação é um dos grandes focos do BRDE. O Banco é atualmente o maior repassador do Brasil das linhas de Inovação que opera: Inovacred e MPME Inovadora. Paralelamente, o BRDE oferece ainda o Cartão BNDES, que atende muito bem as necessidades dos micro, pequenos e médios empreendedores da Região Sul.
Inovacred – A linha Inovacred pode ser acessada por empresas com faturamento bruto anual de até R$ 90 milhões. As taxas variam hoje entre TJLP (pura) e TJLP + 1% a.a., conforme o porte da empresa, e o prazo total alcança até 8 anos, incluída carência de até 2 anos.
Esta linha financia empresas com projetos inovadores na área de produtos, processos, gestão e marketing, podendo financiar pesquisa, desenvolvimento e testes de conceito, simulações, adaptações de tecnologias, ensaios, certificações etc. Além disso, a linha pode ser acessada para financiar a instalação de empresas dentro de parques tecnológicos.
MPME Inovadora – A partir de abril, a linha MPME, que atendia empresas/grupos com faturamento anual bruto de até R$ 90 milhões, passará a financiar também empresas/grupos com faturamento até R$ 300 milhões, ampliando as oportunidades de captação para diversas empresas. A MPME Inovadora tem prazo total de até 10 anos, já incluída carência conforme necessidade do projeto, e as taxas são variáveis, a partir de TJLP + 6,5% a.a.
A linha financia um enorme leque de itens, desde obras e instalações. Apoia também outros itens e ações voltados à implementação de Planos de Negócios de empresas voltadas à inovação. Para acessar a linha, é necessário atender pelo menos um dos quesitos definidos pelo BNDES como indicadores de perfil inovador. Para saber se sua empresa se enquadra, consulte nossa equipe de atendimento.
Cartão BNDES– O Cartão BNDES pode ser solicitado por empresas/grupos com faturamento bruto anual de até R$ 300 milhões. O diferencial do cartão é que se trata de um crédito rotativo com prazo de pagamento de até 48 meses. Pelo cartão, é possível financiar 270 mil itens. Confira as vantagens do Cartão BNDES:
PARA O COMPRADOR
– Crédito rotativo e pré-aprovado;
– Limite de crédito de até R$ 2 milhões por cartão;
– Prazo de pagamento em até 48 meses, com prestações fixas;
– Redução do comprometimento do capital de giro próprio;
– As melhores taxas de juros do mercado.
PARA O FORNECEDOR
– Financiamento automático para o cliente em até 48 meses;
– Garantia de recebimento da venda em 30 dias, com a mesma segurança dos cartões de crédito;
– Exposição gratuita do seu catálogo de produtos no portal www.cartaobendes.gov.br.
Para mais informações, agendamento de visita e solicitação de lista de documentos para solicitar crédito no BRDE, entre em contato com a Equipe de Atendimento da Agência Paraná através do telefone (41) 3219-8150 ou pelo e-mail brdepr@brde.com.br.

O Gerente Regional do BRDE para a região Oeste Paulo Antoniollo realizou palestra no evento da AMIBAQ, que ocorreu no último dia 28/03 em Chapecó. Paulo apresentou as linhas de financiamento de inovação do programa BNDES MPME Inovadora e FINEP Inovacred, dentro das novas políticas operacionais do BNDES. Cerca de 55 pessoas compareceram ao evento, entre os convidados estavam presentes dois técnicos do IEL/FIESC que ratificaram a liderança do BRDE no financiamento à inovação em SC. O BRDE é patrocinador do evento que será realizado também em Blumenau no dia 6 de abril e em Criciúma no dia 10.

O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) está presente na 57.ª edição da Exposição Agropecuária e Industrial de Londrina – Expolondrina, que começou nesta quinta-feira (30), com linhas de financiamento que oferecem taxas e prazos de pagamento diferenciados para atender produtores rurais, cooperativas, pecuaristas, empresas, comércio e serviços.
São linhas de apoio a projetos de inovação no campo e nas cidades, pesquisa e desenvolvimento, modernização de propriedades rurais, destinação correta de resíduos sólidos e renovação de frota de ônibus. Os recursos serão liberados durante a feira, com a assinatura de contratos entre a Agência Paraná do BRDE e empresas de Londrina e região.
“A Expolondrina é o cenário ideal para repassarmos recursos a projetos estruturantes, que promovem a geração de renda, emprego e riquezas nos municípios, por se tratar de uma das maiores feiras agropecuárias do país”, diz o diretor de Operações do Banco, João Luiz Regiani. O BRDE terá estande próprio na feira para atendimento de parceiros e novos clientes.
“A feira reúne empresas e produtores que expõem a excelência genética da pecuária, novas tecnologias em máquinas e equipamentos, implementos agrícolas e no setor automotivo, proporcionando um importante encontro de negócios para o Banco”, afirma o vice-presidente e diretor Administrativo do BRDE, Orlando Pessuti. Em 2016, a feira recebeu 522 mil visitantes.
Os diretores destacam também a importância da Região Norte do Paraná nas operações do BRDE. Para impulsionar os negócios dos empreendedores da região, o BRDE investiu, entre janeiro de 2011 e setembro de 2016, R$ 1,1 bilhão em projetos nas áreas do agronegócio, indústria, infraestrutura, comércio, educação, saúde e inovação. Apenas na microrregião de Londrina, foram R$ 274 milhões em contratações.

O Gerente de Planejamento do BRDE, Felipe Castro do Couto, participou nesta segunda-feira (27.03), do Webinar “Como conseguir dinheiro para financiar um negócio” a convite do SEBRAE-SC. No bate-papo ao vivo para empresários convidados de Santa Catarina, Felipe falou sobre crédito e ressaltou a importância de estudar as necessidades da empresa e quais as linhas de crédito ideais para cada caso. Abordando três tópicos, avaliar, pesquisar e analisar, o SEBRAE procura desmistificar a captação de recursos externos reunindo as melhores opções na hora de buscar recursos para empresas.

A 1ª edição da Design Business Fair vai reunir indústrias de todos os setores em 5 dias de feira. Na abertura, dia 3 de maio, o Gerente de Planejamento do BRDE, Felipe Castro do Couto explica aos expositores as principais linhas de financiamento que o BRDE oferece às empresas inovadoras. A feira espera cerca de 45 expositores de variados setores industriais, muitos desses que buscam meios para investir em seus projetos. O evento terá venda direta dos produtos ao consumidor e leva o patrocínio do BRDE – Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul.

Marcio Muxfeldt, da Hextor Sistemas, foi o vencedor do prêmio Empresário Destaque em Tecnologia 2016, em cerimônia realizada na última quinta-feira (23.03) em Chapecó. O evento é promovido pela Associação Polo Tecnológico do Oeste Catarinense (Deatec) e tem o BRDE como patrocinador. A Hextor Sistemas também conta com a parceria do BRDE desde 2014, através da operação de financiamento BNDES MPME Inovadora. A empresa é dona do Raffinato, sistema destinado ao setor de Gastronomia e Entretenimento, que também patrocina ações de erradicação da poliomielite e Hepatite C. A premiação tem o objetivo de elevar o reconhecimento e desenvolvimento da classe empresarial, cativando novos empreendedores a inovar. No evento, Marcio Muxfeldt destacou o orgulho de levar a marca chapecoense para todo o Brasil e o importante papel da Deatec no avanço da tecnologia na região.

O BRDE está presente na 16ª Feira de Móveis do Estado do Paraná – Movelpar, evento que acontece a cada dois anos em Arapongas, Norte do Estado, promovido pela Expoara Pavilhão de Exposições Arapongas S/A. O Banco terá estande próprio na feira para atendimento de parceiros e novos clientes.
A Movelpar é considerada a grande vitrine de produtos de um dos mais importantes polos moveleiros do país. É reconhecida também como espaço para lançamento de produtos e novas tecnologias, acompanhando a evolução do setor no cenário nacional. “O nosso polo moveleiro é responsável por quase 10% do PIB nacional do setor”, diz o diretor da Expoara, Wanderley Vaz de Lima.
O setor moveleiro representa 67% do PIB de Arapongas e detém 10% das exportações de móveis do país. É o primeiro do Brasil em vendas. Compreende 841 empresas, com mais de 22 mil postos de trabalho. Somente em Arapongas, são 139 indústrias que geram 13 mil empregos diretos e indiretos.
A Movelpar deste ano reúne 168 expositores. O evento contribui para a criação de três mil empregos. “Baseados na edição passada, esperamos vendas de R$ 600 milhões”, prevê o diretor da Expoara, Wanderley de Lima. A feira termina nesta quinta-feira (16).
Parceria – A parceria do BRDE com o setor moveleiro do Paraná apresenta resultados bem positivos. De 2013 a 2016, o BRDE liberou perto de R$ 104 milhões para o setor de madeira/móveis e floresta.
No mesmo período, o BRDE repassou para a mesorregião do Norte Central um total de R$ 820 milhões, dos quais R$ 76 milhões foram investidos na microrregião de Apucarana e R$ 26, 5 milhões no município de Arapongas.