NOTÍCIAS BRDE

BRDE é destaque no Seminário de Sustentabilidade do LIDE

Por: Imprensa - RS

A Política de Responsabilidade Socioambiental do BRDE, a trajetória e o desempenho operacional do Programa BRDE PCS – Produção e Consumo Sustentáveis foram apresentados pelo diretor de Planejamento do Banco, Luiz Corrêa Noronha, no Seminário de Sustentabilidade promovido ontem (27) pelo LIDE Rio Grande do Sul, no Teatro do CIEE, em Porto Alegre.

O encontro possibilitou a análise de cases representativos em termos de sustentabilidade e compromisso socioambiental de instituições privadas e públicas. No primeiro painel do evento, Carlo Pereira, secretário executivo do Pacto Global da ONU, e Henrique Villa da Costa Ferreira, secretário nacional de Articulação Social, abordaram o histórico e os principais desafios relacionados aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável – ODS propostos pelas Nações Unidas e aos quais o Brasil aderiu formalmente. Newton Battastini, representando a Fiergs, expôs as ações que a entidade vem empreendendo para cumprir seu papel junto ao segmento industrial gaúcho.

case do BRDE fez parte do painel “Como incorporar a sustentabilidade à estratégia do negócio”, do qual participaram também Miguel Coleta, Head de Sustentabilidade da Philip Morris, e Wanessa Scabora, executiva de comunicação da FEMSA Coca Cola. Em sua apresentação, o diretor Noronha enfatizou o papel desempenhado pelo BRDE e demais bancos de fomento, em especial nos períodos de crise, quando os bancos comerciais se mostram menos dispostos a atuar em operações de risco, lembrando que os sistemas financeiros nacionais e regionais são parceiros imprescindíveis no movimento global para alcançar as metas dos ODS.

“Mais de 80% dos projetos financiados pelo BRDE no período de 2014 a 2017 têm aderência a, no mínimo, um ODS”, disse Noronha, referindo-se ao estudo realizado recentemente pela equipe técnica do Banco. Ele sinalizou o quanto essa característica da carteira de clientes poderá ser fortalecida e ampliada com a entrada de novas fontes de recursos, como a Agência Francesa de Desenvolvimento – AFD e o Banco Europeu de Investimento – BEI, por exemplo.

Fundado no Brasil, em 2003, o LIDE é formado por líderes empresariais de corporações nacionais e internacionais que buscam sensibilizar o empresariado para a importância de seu papel na construção de uma sociedade ética, desenvolvida e consciente.



VOLTAR