NOTÍCIAS BRDE

BRDE deve estruturar financiamento de frigorífico de aves em Ivaiporã

Por: Imprensa - PR

O BRDE poderá ser o banco líder da estruturação do financiamento para construção de uma unidade de abate e processamento de aves da empresa Jaguafrangos em Ivaiporã, região do Vale do Ivaí. O projeto do novo frigorífico foi apresentado pela diretoria da Jaguafrangos ao governador Beto Richa, nesta quarta-feira (6), no Palácio Iguaçu.

Os diretores João Luiz Regiani e Orlando Pessuti, gerentes e assessores do BRDE acompanharam a apresentação. O BRDE e a Jaguafrangos são parceiros há cinco anos. O Banco financiou 90 aviários em Jaguapitã, no Norte do Paraná, onde fica a sede da empresa, e municípios vizinhos.

O novo frigorífico em Ivaiporã terá capacidade, ao final da implantação da unidade, para processar 420 mil aves por dia, gerar 3 mil empregos e faturar R$ 1,8 milhão anualmente. O BRDE deverá participar da implantação das duas primeiras fases do projeto, um investimento de R$ 145 milhões. O investimento deverá contar também com recursos repassados pela Fomento Paraná e BNDES.

“Vamos somar esforços para garantir a viabilidade desse importante projeto para Ivaiporã, que vai mudar a realidade não só do município, mas de toda a região, que precisa de novas indústrias e novos postos de trabalho, ainda mais nesse momento de crise nacional”, disse o governador. “Daremos toda atenção para fomentar o empreendimento”, afirmou o governador Beto Richa.

“Estamos aqui para levar adiante esse projeto de desenvolvimento perene da região do Vale do Ivaí”, disse o diretor de Operações do BRDE, João Luiz Regiani. “Hoje, os financiamentos a produtores associados da Jaguafrangos no BRDE somam R$ 38 milhões, investimento que movimenta a economia regional, gerando empregos, renda e receita aos municípios”, acrescentou o diretor.

O vice-presidente e diretor Administrativo do Banco, Orlando Pessuti, fez um relato histórico da luta dos municípios do Vale do Ivaí para consolidar a avicultura de corte na região. “Esse projeto grandioso da Jaguafrangos implanta definitivamente a avicultura na região”, afirmou. “E o BRDE está à disposição para liderar a operação que viabilizará o frigorífico e mudará o perfil econômico da região central do nosso Estado”.

“O governo, por meio do BRDE, já tem colaborado conosco com financiamentos a nossos parceiros, que abatem frangos e os enviam para nós, e agora se mostra disposto a ser parceiro em mais esse projeto”, disse o presidente da Jaguafrangos, Sidnei Bottazzari. “O empreendimento vai melhorar o IDH do município, vai mudar a empregabilidade, vai melhorar a vida das pessoas”, comemorou o prefeito de Ivaiporã, Miguel Amaral.

Empresa – A Jaguafrangos emprega 2.800 funcionários, tem 15 mil clientes, cinco filiais, capacidade de processar 210 mil aves por dia e um faturamento anual de R$ 800 milhões. As atividades da empresa têm impacto na economia de mais de 20 municípios da região. O frigorífico de Ivaiporã será construído em uma área de 36 mil metros quadrados. A previsão é que a nova unidade comece a funcionar em 12 meses.

Acompanharam também a apresentação do projeto da Jaguafrangos o secretário chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni; o secretário estadual da Justiça, Artagão Junior; o secretário para Assuntos Estratégicos, Edgar Bueno; deputados estaduais; o ex-prefeito de Ivaiporã, Luiz Carlos Gil; diretores da da Jaguafrangos e vereadores de Ivaiporã.



VOLTAR